O desenvolvimento do agroturismo a partir da sociologia dos mercados: a redescoberta da Mantiqueira Paulista no período da pandemia do Covid-19

Imagem de Miniatura
Tipo
Tese
Data
2023-08-13
Autores
Basta, Flávio
Orientador
Meirelles, Dimária Silva e
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Sambiase, Marta Fabiano
Araujo, Fernando Oliveira de
Popadiuk, Silvio
Martins, Elvis Silveira
Programa
Administração de Empresas
Resumo
O lockdown imposto a partir da declaração da pandemia, no início de 2020, acarretou o fechamento de comércios e serviços não essenciais e a imediata estagnação do setor de turismo. Com isso, novas demandas surgiram na área, deslocando os turistas para destinos mais próximos de suas residências. Este fenômeno coloca um holofote no agroturismo, que vem a ser a vivência de turistas em atividades de propriedades agrícolas. Assim, esta pesquisa busca responder à questão: De acordo com a visão dos agroprodutores, como ocorre o processo de estruturação e manutenção do turismo em propriedades agrícolas? Nesse sentido, realizaram-se cinco revisões sistemáticas da literatura científica, evidenciando categorias temáticas relacionadas ao redescobrimento, por parte da demanda local, consumo de produtos locais e viagens a zonas rurais, formas de inovação relacionadas ao desenvolvimento de novos produtos e serviços, disponibilidade de mão de obra, a importância de políticas de desenvolvimento e de regulamentação do setor, dentre outras. Para responder à questão de pesquisa, propõe-se a incorporação da Teoria de Campos de Ação Estratégica e Curso de Ação como lentes teóricas. A Teoria de Campos de Ação Estratégica oferece a leitura de mudança e estabilidade a partir das múltiplas relações entre atores, integrando a ação coletiva, espaço social, cultura, organização, Estado e mobilização de recursos. Enquanto isso, o conceito de Curso de Ação procura solucionar a lacuna evidenciada na teoria, buscando identificar as lógicas de ação da situação social pesquisada: produtores agrícolas que incorporam o turismo em propriedades. O método qualitativo de investigação, As Narrativas de Vida, permite a descoberta do funcionamento deste microcosmo societal, a partir de uma abordagem etnossociológica, conectando-se com as lentes teóricas, a situação social e os sujeitos da pesquisa. O estudo propõe um modelo do processo de estruturação e manutenção de propriedades agrícolas que incorporam o turismo, revelando as fases de estabelecimento e de manutenção da atividade turística, indicando que a lógica social dos atores, objetivando seu estabelecimento no ambiente, condiciona a identidade e as suas ações empreendidas, definindo assim as diversificações ocorridas. Os resultados deste estudo contribuem, transversalmente, com esclarecimentos das principais categorias que envolvem estudos de agroturismo em momento de incerteza, por meio da análise da evolução do tema e possibilidade de desenvolvimento de novas pesquisas englobando outras áreas que compõem o ambiente turístico.
Descrição
Palavras-chave
agroturismo , campos de ação estratégica , curso de ação , Mantiqueira
Citação