Criação de valor das interfaces digitais em lojas: um estudo exploratório no setor de varejo alimentar na cidade de São Paulo

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2023-02-03
Autores
Reis, Rogerio Borges dos
Orientador
Meirelles, Dimaria Silva e
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Leon, Felix Hugo Aguero Diaz
Spers, Eduardo Eugênio
Programa
Administração de Empresas
Resumo
Este estudo teve como objetivo analisar e caracterizar como as interfaces digitais criam valor nas lojas do varejo alimentar na cidade São Paulo. A revisão teórica seguiu um roteiro de revisão dos construtos valor, modelo de negócios de varejo, pontos de contato, jornada de compras, transformação digital e tecnologia no varejo. Essa pesquisa é de natureza qualitativa, baseada no paradigma interpretativista, de caráter exploratório e descritivo. Os dados foram coletados por observação direta em lojas, sites e aplicativos de varejistas e através de entrevistas com três executivos, sendo dois varejistas e um fornecedor. As entrevistas seguiram um roteiro, com objetivos a serem atingidos através de perguntas abertas semiestruturadas. A análise de dados foi dividida em duas etapas, a primeira onde foram identificadas as interfaces digitais no varejo, analisando os dados coletados e na segunda foi feita análise de conteúdo para analisar o valor criado pelas interfaces identificadas. Os resultados da pesquisa mostram que: (i) as interfaces digitais criam valor para o cliente através da redução do tempo de compras, redução do esforço de compra e aumento do benefício das compras, enquanto cria valor para o varejista pelo aumento da eficiência operacional e/ou aumento de receitas; (ii) a criação do valor é multinível com os atores, cliente e varejista criando valor de forma interdependente; (iii) o valor criado é cíclico; (iv) os clientes tem que superar custos cognitivos, emocionais e sociais para usar uma interface digital, e o varejista tem papel de facilitar o aprendizado e uso das interfaces digitais; (v) quando o cliente atribui valor à uma interface ele adota o ponto de encontro em que ela se encontra ao seu repertório de pontos de encontros de sua jornada de compras; (vi) os smartfones estão assumindo papel de substituir artefatos em loja; (vii) as interfaces digitais não estão mais restritas às lojas, na fase de compras das jornadas de compras e (viii) há experiencias que acontecem em com dois encontros complementares, um digital e outro em loja. Foi desenvolvido um modelo de como as interfaces digitais criam valor no varejo alimentar.
Descrição
Palavras-chave
valor , modelo de negócios , inovação , transformação digital e varejo
Citação