O uso de tecnologias capacitadoras na indústria 4.0 no Brasil: uma análise a partir das estratégias de criação, configuração e apropriação do valor das empresas prestadoras de serviços inteligentes

Imagem de Miniatura
Tipo
Tese
Data
2022-08-19
Autores
Ventura, Marcos Antonio de Araujo
Orientador
Meirelles, Dimária Silva e
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Perez, Gilberto
Machado, Marcio Cardoso
Popadiuk, Sílvio
May, Márcia Ramos
Programa
Administração de Empresas
Resumo
A Indústria 4.0 é um conceito da última década que reflete a combinação de várias tendências em países que lideram a fronteira tecnológica, como os Sistemas Cyber-físicos e a Inteligência Artificial. tecnologias emergentes podem gerar valor para as atividades industriais e criar um cenário industrial, fortalecido pela Internet das coisas (IoT). Apesar de várias iniciativas o desenvolvimento da Indústria 4.0 ainda é incipiente, requer um conjunto de tecnologias e serviços que suportam a criação de sistemas inteligentes e Cyber Physical Systems. A partir de um estudo qualitativo e exploratório das estratégias baseadas no valor (value-based strategies), desenvolvidas pelos smart service providers, esta tese teve como objetivo compreender o uso de tecnologias capacitadoras da Indústria 4.0 e seus reflexos do ponto de vista das estratégias de criação, configuração e apropriação do valor que definem os modelos de negócio de empresas prestadoras de serviços inteligentes. Neste sentido, num primeiro momento, buscou-se identificar a criação do valor a partir do grau de digitalização e da customização dos serviços prestados, tendo como referência as tecnologias e atividades que suportam a criação de sistemas inteligentes e Cyber Physical Systems. Num segundo momento, buscou-se identificar a configuração do valor na Indústria 4.0 a partir das atividades da cadeia de valor dos serviços a ela relacionados, processos internos e relação com fornecedores e clientes. E, finalmente, buscou-se identificar a apropriação do valor na indústria 4.0, a partir das estratégias competitivas e de inovação, desenvolvidas pelos smart service providers. Por fim, esta tese identificou, por meio da técnica de análise de conteúdo, a estrutura de criação, configuração e apropriação do valor decorrente das atividades dos smart-services providers na Indústria 4.0 e o respectivo processo de servitização, propondo um framework para a sua melhor compreensão e respondendo à questão sobre como os smart service providers estão estruturando seus modelos de negócio, de modo a criar valor para a Indústria 4.0, no Brasil.
Descrição
Palavras-chave
arquitetura do valor. , indústria 4.0 , servitização , criação de valor , configuração de valor , apropriação de valor
Citação