Marketing de serviços na assistência médica: fatores que podem determinar a qualidade

Carregando...
Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
1999-08-12
Autores
Maluf, Mário Afonso Filho e
Orientador
Oliveira, Silvio Luiz de
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Stolf, Luiz Carlos
Nicolau, Sérgio Mancini
Programa
Administração de Empresas
Resumo
Este trabalho objetiva fazer uma análise do contexto atual da vida sócio-profissional do médico, enfocando fatores que são importantes na definição da autonomia médica, da qualidade social e psicofísica no seu trabalho e na sua relação com o paciente e a instituição em que trabalha. Construiu-se um paralelo entre esses fatores e suas relações com a qualidade no marketing de serviços em assistência médica. Os dados para análise foram buscados na literatura, em trabalhos e propostas de origem nacional e estrangeira, oferecendo um suporte. A pesquisa de campo foi feita com os três grupos envolvidos na assistência médica: os médicos, os pacientes e os administradores dos serviços de assistência médica das regiões Sul e Oeste da cidade de São Paulo. Foram abordados aspectos que podem determinar a qualidade nos serviços de assistência médica: a carga horária semanal do médico, os plantões, o trabalho após os plantões, o número de pacientes atendidos, os locais de trabalho, a relação com a solicitação de exames, os anos de formação, os vínculos de trabalho durante a vida profissional, o significado do consultório/clínica, a relação dos honorários com os planos e seguros-saúde, a relação dos pacientes com a solicitação de exames médicos, a motivação para o trabalho, a renda mensal. O capítulo I inicia com a apresentação, os objetivos, a justificativa, a escolha do tema, a natureza do problema; no capítulo II, a tônica é a metodologia, o tema, a problemática, as variáveis e a hipótese; o capítulo III é estruturado com o suporte científico das literaturas e publicações; o capítulo IV trata dos resultados e da análise da pesquisa; e, finalmente, no capítulo V, foram expostas as conclusões, as limitações e as recomendações para trabalhos futuros. Os desafios de uma gestão administrativa que vise a melhoria da autonomia profissional do médico e de suas condições de trabalho têm reflexo direto nos recursos humanos com que ele lida. Pode-se verificar, pelos estudos realizados, que esses fatores podem influir e determinar a qualidade na relação médico-paciente e, consequentemente, na assistência médica. Portanto, são capazes também de definir qualitativamente um dos elementos do marketing: o produto. Considerando-se que a assistência médica consubstancia-se dentro da relação médico-paciente, que é a essência da Medicina, o aprimoramento dessa relação deve traduzir-se no aperfeiçoamento da ética médica e do marketing de serviços, tendo em vista o seu cliente principal e consumidor: o paciente. A introdução de novas ferramentas, conceitos e técnicas administrativas, contribuindo para uma melhor assistência médica, com enfoque na qualidade do marketing de serviços, é outra forma de aperfeiçoamento dos serviços na assistência médica.
Descrição
Palavras-chave
marketing de serviços , assistência médica , medicina
Citação
MALUF, Mário Afonso Filho e. Marketing de serviços na assistência médica: fatores que podem determinar a qualidade. 184 f. Dissertação (Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 1999.