A influência da volatilidade da geração do fluxo de caixa na estrutura de capital e o uso de dívidas em diferentes vencimentos nos países da América Latina

Carregando...
Imagem de Miniatura
Tipo
Tese
Data
2022-08-03
Autores
Mendes, Johnny Silva
Orientador
Nakamura, Wilson Toshiro
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Jucá, Michele Nascimento
Kayo, Eduardo Kazuo
Hadad Júnior, Eli
Sonza, Igor Bernardi
Programa
Administração de Empresas
Resumo
O objetivo principal da pesquisa foi investigar as influências da volatilidade da geração do fluxo de caixa na estrutura de capital e na maturidade das dívidas em mercado emergentes de empresas na América Latina. Foi utilizada uma amostra composta por empresas emergentes de capital aberto na América Latina entre 2004 e 2020. Conduziu-se testes econométricos com modelo hierárquico linear, a fim de capturar se existem variâncias significativas nos níveis tempo, empresa e país que afetam o endividamento e maturidade das dívidas. Foi encontrado que a volatilidade da geração do fluxo de caixa afetou negativamente tanto o nível de endividamento quanto a maturidade das dívidas para diferentes maturidades. Foi identificado que os níveis mais baixos (tempo e empresa) são os que melhor explicam tanto o endividamento total quanto a maturidade das dívidas, simultaneamente o nível país apresentou percentual de explicação e deve, também, ser considerado pelos gestores nas políticas de financiamentos. A principal contribuição foi investigar o problema de pesquisa com determinantes de natureza multinível de forma simultânea, nos níveis tempo, empresa e país. Foi identificado que os gestores devem dedicar parte significativa de sua atenção às características de empresa e tempo nas tomadas de decisões de financiamento, sem ignorar, claro, as características de país.
Descrição
Palavras-chave
volatilidade do fluxo de caixa , modelo hierárquico linear , estrutura de capital , maturidade das dívidas
Citação