A experiência de professores com um recurso educacional aberto sobre sustentabilidade

Carregando...
Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2018-08-06
Autores
Boccia, Priscila Lenci
Orientador
Vieira, Marili Moreira da Silva
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Hardagh, Claudia Coelho
Meister, Izabel Patrícia
Programa
Educação, Arte e História da Cultura
Resumo
Neste trabalho discutimos um caminho possível entre educação, tecnologias digitais e sustentabilidade no desafio de preparar os jovens para serem cidadãos conscientes e ativos na sociedade complexa em que vivemos. Entendemos que uma educação de qualidade precisa trazer o mundo para a sala de aula, para que a sua complexidade seja discutida à luz das experiências dos estudantes. Nesse sentido, a cibercultura é um aspecto contemporâneo que precisa ser considerado no planejamento do ensino. Esta pesquisa se debruça sobre a contribuição dos recursos educacionais abertos - conhecidos pela sigla REA - no processo de educação ambiental de jovens brasileiros numa perspectiva formadora de cidadania. Utilizamos, como referencial teórico, autores que discutem o papel da educação, Demo (2009), Moran (2015) e Nóvoa (2017), e também o processo de ensino-aprendizagem, Ausubel (2000), Moreira (2011) e Vigotski (1997). Para refletirmos sobre a cultura, bem como a cibercultura, nos apoiamos em Lemos (2015) e Levy (2003) e, para nos aprofundarmos nas questões da sustentabilidade, mergulhamos em Leff (2015) e Sachs (2009). Para responder nossa questão, a metodologia que utilizamos envolveu ouvirmos os relatos de seis professoras bem-sucedidas na condução de projetos de sustentabilidade que mesclaram atividades presenciais e o uso da plataforma digital Edukatu, um REA desenvolvido no Brasil. Com a finalidade de discutir o uso das tecnologias digitais no processo de ensino-aprendizagem, também analisamos os relatórios pedagógicos nos quais as professoras detalharam o trabalho conduzido com turmas do Ensino Fundamental 1 em escolas públicas da Grande São Paulo e verificamos a intencionalidade pedagógica expressa no planejamento e nos depoimentos das docentes. Os resultados apontam para uma tendência de uso da tecnologia dentro de um plano de ensino voltado para a formação de uma consciência crítica, o que renova as esperanças de que há boas práticas a serem disseminadas para que mais professores possam levar a seus alunos uma educação de qualidade.
Descrição
Palavras-chave
REA , intencionalidade pedagógica , cibercultura , educação ambiental
Citação
BOCCIA, Priscila Lenci. A experiência de professores com um recurso educacional aberto sobre sustentabilidade. 2018. 131 f. Dissertação (Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.