O ensino do gênero canção em aulas de língua portuguesa: um estudo de educação linguística

Carregando...
Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2011-12-07
Autores
Lacerda, Viviane Nery
Orientador
Brito, Regina Helena Pires de
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Vasconcelos, Maria Lúcia Marcondes Carvalho
Casagrande, Nancy dos Santos
Programa
Letras
Resumo
A presente dissertação tem como propósito mostrar como o gênero canção pode ser utilizado como facilitador e motivador nas aulas de português (língua materna), uma vez que para se alcançar um resultado eficaz no processo de ensino e aprendizagem é necessário que desenvolva não só de forma a dar conta de um conteúdo, mas também que o faça de modo criativo. Com base nos fundamentos da Educação Linguística, este trabalho propõe-se a analisar a presença da canção na coleção didática mais adotada pela rede pública para o Ensino Fundamental II, Português: linguagens, segundo dados do PNLD 2011. Observou-se pela análise da coleção, que, em muitos casos a canção é utilizada de uma maneira superficial e fragmentada; em outros as atividades propostas não se relacionam com o conteúdo do capítulo, no qual estão inseridas, nem tampouco contribuem para o desenvolvimento das habilidades e competências esperadas para as séries em questão. Do ponto de vista teórico, este estudo fundamenta-se na obra de estudiosos como: Bechara (2009), Travaglia (2003; 2006), Marcuschi (2005, 2008), Costa (2005), Dolz, Noverraz e Schneuwly (2010). A partir da análise crítica, esta dissertação apresenta, nos moldes da Educação Linguística, quatro sequências didáticas, como sugestões para que o professor desenvolva atividades contextualizadas e significativas para o aluno, a partir do gênero canção.
Descrição
Palavras-chave
educação linguística , ensino , gênero , canção , língua portuguesa , linguistic education , teaching , gender , song , portuguese language
Citação
LACERDA, Viviane Nery. O ensino do gênero canção em aulas de língua portuguesa: um estudo de educação linguística. 2011. 106 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2011.