Má distribuição de serviços e precarização do transporte público na cidade de São Paulo: uma análise dos violadores do exercício do direito à cidade por pessoas periféricas

Imagem de Miniatura
Tipo
TCC
Data
2023-06
Autores
Pires, Jéssica Marcondes
Orientador
Salgado, Rodrigo Oliveira
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Programa
Resumo
A cidade de São Paulo ocupa a posição de maior cidade do país e é marcada pela dicotomia entre uma vasta gama de serviços públicos oferecidos e a desigualdade de acesso a esses serviços por parte de seus cidadãos e cidadãs. O presente trabalho teve por objetivo analisar a distribuição de serviços, bem como a atuação do transporte público na cidade de São Paulo, a fim de verificar se esses fatores podem influir no exercício do direito à cidade por populações periféricas. Para a realização das análises foi utilizada como metodologia a pesquisa bibliográfica e foi possível verificar que a esmagadora maioria dos serviços públicos, principalmente os de melhor qualidade, encontra-se ofertada nos bairros centrais, deixando a cargo das populações residentes nas periféricas a tarefa de se deslocar grandes distâncias para conseguir acessá-los, sendo tal deslocamento realizado em sua maioria por meio de transporte público municipal, o qual consome expressivas horas da rotina dos paulistanos. Pretendeu-se com com a presente pesquisa entender o exercício do direito à cidade no contexto paulistano e contribuir para o importante debate e busca para efetivação e desfrute dos direitos fundamentais a todos e a todas, sem distinção de qualquer espécie.
The city of São Paulo occupies the position of the largest city in the country and is marked by the dichotomy between a wide range of public services offered and the unequal access to these services by its citizens. This study aimed to analyze the distribution of services, as well as the performance of public transport in the city of São Paulo, in order to verify whether these factors can influence the exercise of the right to the city by people from the periphery. In order to carry out the analyses, bibliographical research was used as a methodology and it was possible to verify that the overwhelming majority of public services, especially those of better quality, are offered in the central neighborhoods, leaving the burden of the residents in the periphery to move around. great distances to be able to access them, and such displacement is carried out mostly by means of municipal public transport, which consumes significant hours of the routine of São Paulo residents. The aim of this research was to understand the exercise of the right to the city in the context of São Paulo and to contribute to the important debate and search for the realization and enjoyment of fundamental rights for all, without distinction of any kind.
Descrição
Palavras-chave
direito à cidade , periferias de São Paulo , serviços publicos , mobilidade urbana , right to the city , outskirts of São Paulo , public services , urban mobility
Citação