A falibilidade da memória humana na prova testemunhal

Imagem de Miniatura
Tipo
TCC
Data
2020-12
Autores
Fernandes, Larissa Wenke
Orientador
Dezem, Guilherme Madeira
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Programa
Resumo
Não obstante à importância da prova testemunhal no processo penal, seu caráter pessoal constitui motivos para sua descrença. A exposição à diversos fatores internos e externos à testemunha atestam sua fragilidade: tornam sua memória suscetível a falhas e equívocos, resultando em uma reconstrução dos fatos pretéritos não tão fidedigna a realidade. Visando combater a exposição da testemunha à tais fatores, são apresentados dois tipos de entrevistas investigativas, bem como suas respectivas eficácia e aplicabilidade.
Despite the importance of testimonial evidence in criminal proceedings, its personal character constitutes grounds for disbelief. Exposure to various internal and external factors attests to the witness' fragility: they make the memory susceptible to failures and misunderstandings, resulting in a reconstruction of past events that is not as reliable to reality. In order to combat the exposure of the witness to such factors, two types of investigative interviews are presented, as well as their respective effectiveness and applicability.
Descrição
Palavras-chave
falibilidade , prova testemunhal , memória humana , psicologia jurídica , fallibility , witness evidence , human memory , legal psychology
Citação