Redução de perdas operacionais de produtos perecíveis comercializados em uma rede de atacarejo na região metropolitana de São Paulo

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2021-04-27
Autores
Ferreira, Claudirene Santos
Orientador
Medeiros Júnior, Alberto de
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Caldeira, Adilson
Shiraishi, Guilherme de Farias
Programa
Administração do Desenvolvimento de Negócios
Resumo
Resumo Estruturado Assunto: Redução de perdas operacionais de produtos perecíveis comercializados em uma rede de lojas que operam no formato atacarejo, que é considerado um misto entre os formatos de varejo e atacado, na região metropolitana de São Paulo. Aplicação: De acordo com a pesquisa da ABRAPPE – Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (2019) o índice de perda médio observado no varejo foi 1,38% sobre o faturamento líquido das empresas de varejo. Considerando-se que o faturamento total do varejo em 2018 foi de 1,55 trilhões de reais estimou-se uma perda de 21,4 bilhões de reais. Este estudo teve como objetivo a redução de perdas no Atacado Ipsum (nome fictício para manter a confidencialidade) admitindo-se que a gestão de perdas é uma forma de obter-se vantagem competitiva. Foram aplicados conceitos de estratégia e vantagem competitiva, análise de dados, causa e efeito para solução de um problema real, as perdas de produtos perecíveis. Impacto: A análise estruturada de dados permitiu a descoberta de informações relevantes para a gestão do negócio. Trouxe para a gestão da empresa uma visão diferenciada baseada em dados e não apenas no conhecimento operacional do dia a dia. Este estudo demonstrou a importância de gestão de dados e uso de uma plataforma de inteligência de negócios como elemento facilitador do processo de tomada de decisão. O plano de ações proposto trouxe uma visão de ações de curto, médio e longo prazo com foco na redução de perdas, melhoria de resultados financeiros e melhoria da experiência do cliente nas lojas (geração de valor e diferencial competitivo). Inovação: A pandemia da COVID-19 mudou o cenário no qual as empresas de todos os setores operam. O setor supermercadista foi compelido a acelerar sua entrada no mundo digital, particularmente pelo uso de comércio eletrônico. Para este estudo foram utilizados recursos da Tecnologia da Informação (TI) como sistema ERP-Enterprise Resources Planning, aplicação do quadrante mágico do Gartner (2021b) para Inteligência de Negócios (Business Intelligence – BI) e uso de uma plataforma de BI (Tableau) para análise dos dados coletados. A TI teve papel fundamental neste processo atuando como uma área parceira da área de negócios fornecendo os recursos e tecnologias necessárias para a gestão do negócio. Complexidade: A operação de um varejo alimentar é complexa, requer uma boa orquestração de toda a cadeia de valor, desde os processos de compras, de gestão de preços e promoções, da distribuição de produtos para as lojas, da escolha do sortimento para cada tipo de loja, da exposição de produtos, do controle de estoques e datas de validade de produtos nas lojas, do atendimento ao cliente e finalmente da venda. Uma falha em qualquer parte da cadeia de processos poderá levar a perda de venda, a perdas de produtos e consequentemente a uma perda financeira que impactará no resultado da empresa. Metodologia Aplicada: Para este estudo foi aplicado um conjunto de metodologias sendo as principais a busca da vantagem competitiva de Barney e Hesterly (2011), a metodologia para trabalhos práticos de Marcondes, Miguel, Franklin e Perez (2017) e a metodologia KDD – Knowledge Discovery in Databases de Fayyad, Piatetsky-Shapiro e Smyth (1996). Por meio da KDD foi definido o conjunto de dados, o meio de coleta, a tratativa necessária e a análise a ser realizada. Para o Atacado Ipsum foram coletados dados operacionais de vendas, estoque e perdas de produtos perecíveis. Os dados foram analisados por meio de uma plataforma de BI-Business Intelligence que permitiu uma maior compreensão do fenômeno “perdas’ (também denominado “quebras”) e suas relações com outras variáveis, como por exemplo, as vendas dos produtos perecíveis. Foi proposto um plano de ações com base no entendimento das possíveis causas do problema. O plano de ações englobou aspectos de refrigeração dos produtos e das lojas, de gestão de estoques e controles de validade dos produtos perecíveis. Este estudo também permitu que a empresa observasse a importância da gestão de dados e capacidade analítica para melhor entendimento do negócio e estabelecimento de uma cultura de dados para o processo de tomada de decisão.
Descrição
Palavras-chave
varejo , atacado , atacarejo , perdas , inteligência de negócios , perecíveis , prevenção de perdas
Citação
FERREIRA, Claudirene Santos. Redução de perdas operacionais de produtos perecíveis comercializados em uma rede de atacarejo na região metropolitana de São Paulo. 2021. 78 f. Dissertação (Mestrado Profissional Administração do Desenvolvimento de Negócios) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo. 2021.