Perfil clínico-epidemiológico dos ferimentos por arma de fogo admitidos no Hospital Universitário Evangélico Makcenzie

Imagem de Miniatura
Tipo
TCC
Data
2021
Autores
Hiromoto, Lucas Shigueo
Nascimento, Otávio Augusto Bolzani do
Orientador
Naufel Junior, Carlos Roberto
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Programa
Resumo
Introdução: A violência é considerada uma das temáticas mais importantes da atualidade e se transformou em um grave problema de saúde pública no Brasil. Dentre as causas externas de morbimortalidade, ferimentos por arma de fogo (FAF) representam uma parcela considerável. Assim, torna-se relevante analisar a epidemiologia dessa fatalidade. Objetivos: Definir o perfil epidemiológico das vítimas, analisando variáveis sociodemográficas – idade e gênero – e clínicas – topografia dos ferimentos, bem como a correlação entre mortalidade e topografia da lesão. Métodos: Os participantes da pesquisa foram obtidos a partir do registro de FAF, exigido pela Polícia Civil para abertura de Boletim de Ocorrência. Os dados foram coletados via registro em prontuário eletrônico do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie (HUEM). Resultados: Foram incluídos 174 participantes. Houve predomínio do sexo masculino (91,9%). A idade média, em 2018, foi de 29,5 anos e, em 2019, 30,5 anos. Membros inferiores foram os sítios mais acometidos (33,9%), seguido de membros superiores (28,7%) e abdome (20,1%). 41 participantes sofreram FAF múltiplos (23,5%), enquanto 133 foram vítimas de FAF único (76,4%). 14 casos culminaram em óbito, demonstrando mortalidade de 8%. Tórax e/ou crânio foram sítios de FAF envolvidos em todos os óbitos, presentes isoladamente (28,5% de crânio e 14,2% de tórax), associados entre si (7,1%) ou com outras topografias (50%). Conclusão: Nessa amostra, constatou-se exuberante predomínio do sexo masculino (91,9%) e idade média em torno de 30 anos. Membros inferiores foram as regiões mais acometidas (33,9%), seguido de membros superiores (28,7%) e abdome (20,1%). Houve 14 óbitos no total, denotando mortalidade de 8%.
Descrição
Palavras-chave
epidemiologia , ferimentos por arma de fogo
Citação