A ferrovia como indutora de transformações na paisagem urbana de São Paulo : o caso do bairro da Lapa a partir da construção da ferrovia Santos-Jundiaí.

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2019-04-18
Autores
Ignacio, Marcus Vinícius Lemos
Orientador
Mota, Carlos Guilherme Santos Serôa da
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Meirelles, Célia Regina Moretti
Rolim, Mariana de Souza
Programa
Arquitetura e Urbanismo
Resumo
A cidade de São Paulo, ao longo dos seus trezentos anos iniciais de História, foi apenas um entreposto de tropeiros que a utilizavam como ponto para repouso e descanso dos animais. Encravada entre o litoral e os sertões ricos em pedras preciosas, a cidade sempre assumiu um papel estratégico de entroncamento de caminhos, que atravessou os séculos XVI, XVII e XVIII. Em meados do século XIX, já no período imperial, a cidade presencia alterações na dinâmica econômica e assiste à valorização econômica daquele que é considerado o ouro verde: o café. Substituindo a cana-de-açúcar como principal produto agrícola de exportação, o café caminha em direção a São Paulo passando pelo Vale do Paraíba e rapidamente se expande para os antigos sertões paulistas, exigindo a implantação de um sistema de transporte mais eficiente e capaz de transpor com eficiência o desnível da Serra do Mar. A construção da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, implantada sob concessão da São Paulo Railway Company Ltd, marca a entrada de São Paulo na modernidade e lhe imputa o predicativo de ‘Metrópole do Café’, dadas as intensas transformações pelas quais a cidade passa a partir do final do século XIX e primeiros decênios do século XX. Em linha com estas alterações, bairros começam a se modificar ainda durante o período de construção da ferrovia, a partir da instalação das oficinas ferroviárias que abrigavam engenheiros e operários. Neste sentido, propõe-se como tema desta dissertação uma análise das modificações provocadas pela construção e posterior operação de Ferrovia Santos-Jundiaí no entorno do que hoje conhecemos como Lapa, na zona oeste de São Paulo. Estas análises se baseiam em uma linha recente de pesquisa, em que se podem analisar fragmentos e vestígios que as transformações deixaram. Neste sentido, espera-se entender como a ferrovia foi elemento-chave no processo de transformação da antiga fazendinha da Lapa no bairro como o conhecemos hoje.
Descrição
Palavras-chave
paisagem , ferrovia , São Paulo , Lapa
Citação
IGNACIO, Marcus Vinícius Lemos. A ferrovia como indutora de transformações na paisagem urbana de São Paulo : o caso do bairro da Lapa a partir da construção da ferrovia Santos-Jundiaí. 2019. 83 f. Dissertação (Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2019.