Portinari e um projeto político-cultural modernista

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2008-02-12
Autores
Colar, Denise
Orientador
Feijó, Martin Cezar
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Araujo, Paulo Roberto Monteiro de
Bastos, Mônica Rugai
Programa
Educação, Arte e História da Cultura
Resumo
O presente trabalho propõe-se a apresentar um estudo sobre Cândido Portinari, sua construção inconsciente de um projeto político-cultural modernista no Brasil, sua trajetória artística e militância política no período de 1930 a 1945. Sabe-se que os ideais do movimento modernista brasileiro influenciaram a política cultural nacional. Portinari, nesse contexto, representa plasticamente os ideais políticos-culturais do período: busca por uma identidade nacional, valorização da pesquisa estética e atualização da inteligência de vanguarda. Neste sentido, esta dissertação preocupa-se em apresentar, sucintamente, a vida, a obra e a militância de Cândido Portinari; seu comportamento ambíguo frente ao governo Vargas; a peculiaridade estética aplicada em suas obras, por vezes, vinculada às questões políticas. O corpus deste estudo é o mural Tiradentes (1948-49). Analisado crítica e formalmente, a obra é considerada por esta autora uma síntese simbólica de um projeto político-cultural modernista idealizado por Cândido Portinari. Para o desenvolvimento da pesquisa, à luz de autores especialistas das artes e do período modernista, norteiam esta pesquisa quatro questionamentos: É possível identificar traços fundamentais da construção de um projeto político-cultural de Portinari? Se essa construção existe, como se delimita e qual sua importância? Qual a relação que se estabeleceu entre o governo Vargas e artistas intelectuais do período modernista? Quanto e como a estética de Portinari interferiu em seu inconsciente projeto político-cultural? As análises realizadas permitiram uma visão mais acurada do que viria a ser um projeto político-cultural realizado inconscientemente por Portinari. Foi possível concluir que o artista, por meio de suas produções artísticas e sua militância política, desempenhou um importante papel na construção de uma política cultural voltada para a realidade nacional. Portinari conseguiu unir os ideais modernistas aos seus anseios pessoais e criou uma estética inovadora, permitindo a construção de uma história não oficial dos temas nacionais.
Descrição
Palavras-chave
Portinari , política cultural , modernismo , estética , nacionalismo , Portinari , política cultural , modernismo , estética , nacionalismo
Citação
COLAR, Denise. Portinari e um projeto político-cultural modernista. 2008. 159 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.