Estudo dos modelos trade-off e pecking order para as variáveis endividamento e payout com empresas brasileiras (2000-2006)

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2008-02-15
Autores
David, Marcelino
Orientador
Nakamura, Wilson Toshiro
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Bido, Diógenes de Souza
Yamamoto, Marina Mitiyo
Programa
Administração de Empresas
Resumo
A estrutura de financiamento das empresas tem sido estudada desde a publicação em 1958 do famoso artigo em que Modigliani e Miller defendiam que, sob certas circunstâncias, o índice de alavancagem utilizado pelas empresas não teria impacto sobre o seu valor. De lá para os dias atuais, um número significativo de trabalhos acadêmicos foi publicado, permitindo o desenvolvimento de diversas teorias que procuram explicar de que forma as empresas buscam o seu nível ótimo de endividamento. Dentre essas teorias, destacam-se pecking order e trade-off. A teoria do trade-off possibilita discutir o balanceamento dos efeitos dos impostos, eventos dedutíveis e efeitos de custos das dificuldades financeiras na estrutura de capital. A teoria do pecking order propõe uma hierarquização das fontes de capital. Este estudo tem como referência os trabalhos realizados por: Fama e French (2002), desenvolvido com dados de empresas norte-americanas e por Brito e Silva (2003), elaborado com dados de empresas brasileiras. Este estudo testou as previsões das teorias de trade-off e pecking order sobre endividamento e payout, utilizando a metodologia de Fama e McBeth (1973). Os resultados indicam que as empresas brasileiras aumentaram a meta de remuneração, porém ainda distribuem uma proporção pequena dos lucros, se comparados ao padrão americano, apesar da legislação brasileira ser bastante favorável. Os resultados sinalizam que o payout é negativamente relacionado com as oportunidades de investimento e que os dividendos não sofrem variação de curto prazo para acomodar os investimentos, conforme defende a teoria do pecking order. A lucratividade demonstrou ser relevante na determinação da política de endividamento, o que indica que as empresas mais lucrativas são menos endividadas, confirmando a pecking order Além disso, a variável tamanho mostrou ser significativa na política de endividamento, o que corrobora as teorias do pecking order e trade-off.
Descrição
Palavras-chave
estrutura de capital , trade-off , pecking order , payout , endividamento , structure of capital , trade-off , pecking order , payout , indebtedness
Citação
DAVID, Marcelino. Estudo dos modelos trade-off e pecking order para as variáveis endividamento e payout com empresas brasileiras (2000-2006). 2008. 109 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.