A orientação universal ao diverso de gestores brasileiros no ambiente de trabalho

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2016-01-27
Autores
Albuquerque, Marcelo
Orientador
Hanashiro, Darcy Mitiko Mori
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Bido, Diógenes de Souza
Torres, Claudio Vaz
Domenico, Silvia Marcia Russi de
Costa, Luciano Venelli
Programa
Administração de Empresas
Resumo
A transformação das sociedades decorrente da globalização apresenta um novo desafio para as organizações, visto que a diversidade tem colocado, lado a lado, pessoas de diferentes origens, raças e culturas, em ambientes de trabalho cada vez mais heterogêneos. Dessa forma, uma gestão bem sucedida da diversidade exige dos gestores a compreensão das diferenças no ambiente de trabalho. Portanto, conhecer as atitudes dos gestores em relação à diversidade é uma condição essencial para a boa gestão. O objetivo do trabalho foi investigar a Orientação Universal ao Diverso (Universal Diverse Orientation UDO) de gestores brasileiros, em relação às dimensões sexo, raça, idade, tempo de experiência e região do país em que trabalha, bem como validar a escala M-GUDS S. Foi realizada pesquisa quantitativa descritiva e com uma amostra de gestores brasileiros. Até o momento não foram identificadas pesquisas sobre UDO no Brasil, e as pesquisas em outros países envolveram somente estudantes universitários. Os resultados evidenciaram níveis aceitáveis de validade e confiabilidade, e validaram a escala M-GUDS S para o Brasil. Contudo, ao confrontar os resultados da pesquisa com o referencial teórico, foi identificada uma limitação relacionada ao perfil amostral. Apesar de a literatura ter sinalizado para a possibilidade de maior abertura ao diverso para mulheres, indivíduos não brancos, indivíduos mais velhos e para aqueles com mais experiência, os resultados estatísticos não foram nesse sentido. O que se pôde inferir é que a amostra de gestores de uma única empresa possa ter sido homogênea e influenciado os resultados. Por essa razão, recomenda-se que, em novos estudos,sejam utilizadas amostras de diferentes organizações. As informações levantadas pelo trabalho serão úteis para futuros estudos que aprofundem os conhecimentos sobre a UDO no Brasil.
Descrição
Palavras-chave
diversidade , atitudes com relação ao diverso , orientação universal ao diverso , UDO e M-GUDS S , diversity , attitudes toward diversity , universal diverse orientation , UDO and M-GUD S
Citação
ALBUQUERQUE, Marcelo. A orientação universal ao diverso de gestores brasileiros no ambiente de trabalho. 2016. 107 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2016.