Show simple item record

dc.contributor.advisorDomenico, Silvia Marcia Russi de
dc.contributor.authorMelo, Wagner Fabiano de
dc.date.accessioned2016-03-15T19:25:26Z
dc.date.accessioned2020-05-28T18:03:42Z
dc.date.available2011-01-18
dc.date.available2020-05-28T18:03:42Z
dc.date.issued2010-08-20
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/23339
dc.description.abstractEste trabalho objetivou verificar a influência dos valores organizacionais de agências bancárias no desempenho destas unidades. Diversos autores mencionam que os valores organizacionais percebidos como praticados são orientadores da vida da organização,oferecem motivação para o alcance dos objetivos, afetam as decisões, criam modelos mentais semelhantes entre os empregados e são determinantes da produtividade organizacional. Estes argumentos sugerem que estes valores têm o potencial de influenciarem indireta e diretamente o desempenho organizacional. Nota-se, entretanto, uma carência de pesquisas brasileiras dedicadas ao exame desta relação, o que motivou a realização deste estudo. A pesquisa foi desenvolvida em uma instituição bancária pública e se classifica como um teste de hipótese e descritiva. O questionário intitulado Inventário de Perfis de Valores Organizacionais (IPVO) foi adaptado para a mensuração dos valores organizacionais das agências. Os dados desta variável foram coletados no nível individual e, para cada agência da amostra, foi calculada a média das respostas a cada assertiva do questionário para obter os dados no nível das agências bancárias. O desempenho de cada agência foi medido pelo percentual de metas que foram integralmente realizadas no ano de 2009. A fonte destes dados é primária e o modo de mensuração é objetivo, pois foram fornecidos diretamente pela instituição financeira e se basearam em registros factuais. A amostra é do tipo não-probabilística e composta por 271 agências, cujos dados acerca dos valores organizacionais foram proporcionados por 720 respondentes. A análise dos dados fez uso de técnicas estatísticas univariadas, bivariadas e multivariadas. A análise fatorial revelou que os valores organizacionais das agências se estruturam em quatro fatores: respeito aos stakeholders, diversão para os empregados, atuação competente e prestígio. O prestígio está positivamente correlacionado com o desempenho das agências e o respeito aos stakeholders e a diversão para os empregados estão inversamente correlacionados com a variável dependente. A análise de regressão múltipla resultou em um modelo que explica 9,5% da variância no desempenho e contém dois fatores como variáveis preditoras, prestígio e atuação competente, que influenciam positivamente o desempenho.Estes fatores representam teoricamente os pólos: autopromoção e/ou abertura à mudança. Os fatores negativamente correlacionados com o desempenho, por sua vez, retratam ou aparentam retratar teoricamente o pólo de autotranscendência. Os resultados mostram que os valores organizacionais são uma das variáveis que impactam no desempenho organizacional.
dc.description.abstractThis study aimed to investigate the influence of bank branches organizational values on branch performance. Many authors postulate that organizational values perceived as practiced guide organizational life, motivate to fulfill the objectives, affect the decisions, build similar employees mindsets and determine the organizational productivity. These observations suggest that these values can indirectly and directly influence the organizational performance. There are not, however, Brazilian studies focused on analyzing this relation and this motivated the accomplishment of this study. The research was undertaken at a public bank and can be considered a hypothesis testing and a descriptive study. The questionnaire called Inventário de Perfis de Valores Organizacionais (IPVO) was adapted to measure branches organizational values. The data of this variable was collected from individuals and for each of the branches of the sample, the mean of answers to each of the questions of the questionnaire was calculated to represent the branch level of analysis. Branch performance was measured using the percentage of goals accomplished during the year 2009. The source of this data is primary and its mode of assessment is objective, because it was provided directly by the bank and it was based on factual records. The sample is non-probabilistic and is formed by 271 branches and the data about branches organizational values was provided by 720 respondents. Data analysis involved univariate, bivariate and multivariate statistics.The factorial analysis revealed that branches organizational values are organized in four factors: respect for stakeholders, employee entertainment, competent performance and prestige. Prestige is positively correlated with branch performance and respect for stakeholders and employee entertainment are negatively correlated with the dependent variable. The multiple regression analysis yielded an equation that account for 9.5% of the variance in performance and contains two factors as independent variables, prestige and competent performance, which influence positively the branch performance. These factors theoretically represent the higher order value types: self-enhancement and/or openness to change. The factors negatively correlated with branch performance theoretically represent or seem to represent the higher order value type: self-transcendence. The results show that organizational values are one of the variables that impact on organizational performance.
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdf
dc.languagepor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenzie
dc.rightsAcesso Aberto
dc.subjectvalores organizacionais
dc.subjectdesempenho organizacional
dc.subjectagência bancária
dc.subjectorganizational values
dc.subjectorganizational performance
dc.subjectbank branch
dc.titleA influência dos valores organizacionais no desempenho de agências bancárias
dc.typeDissertação
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6326105690042969
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8337097124162117
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/2901/Wagner%20Fabiano%20de%20Melo.pdf.jpg
local.contributor.board1Martins, Maria do Carmo Fernandes
local.contributor.board1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2082496726890687
local.contributor.board2Silva, Adilson Aderito da
local.contributor.board2Latteshttp://lattes.cnpq.br/3999075737061835
local.publisher.countryBR
local.publisher.departmentAdministração
local.publisher.initialsUPM
local.publisher.programAdministração de Empresas


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record