Narrar um lugar : espaço ficcional e sua problematização em Cinzas do norte, de Milton Hatoum, e Nadie nada nunca, de Juan José Saer

Carregando...
Imagem de Miniatura
Tipo
Tese
Data
2014-12-03
Autores
Aguiar, Cristhiano Motta
Orientador
Pereira, Helena Bonito Couto
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Amaral, Gloria Carneiro do
Trevisan, Ana Lúcia
Coutinho, Eduardo de Faria
Willer, Claudio Jorge
Programa
Letras
Resumo
Este trabalho objetiva analisar os romances Cinzas do Norte, de Milton Hatoum, e Nadie Nada Nunca, de Juan José Saer, a partir da categoria narrativa do espaço. Ao longo do trabalho, propõe-se realizar também uma revisão crítica da história da ideia de espaço nas ciências humanas e em especial na História da Literatura e na Teoria da Literatura. Em nossa leitura comparada sobre Hatoum e Saer, as seguintes questões são suscitadas: produção literária na região amazônica e na região do Río de la Plata; produção e desprodução do espaço social; literatura contemporânea na Argentina e no Brasil; diálogo entre literatura e artes visuais na representação do espaço narrativo; recepção crítica das obras estudadas; ditaduras militar argentina e brasileira como pano de fundo político dos dois romances analisados.
Descrição
Palavras-chave
espaço , Milton Hatoum , Juan José Saer , produção social do espaço , ficção contemporânea latino-americana
Citação
AGUIAR, Cristhiano Motta. Narrar um lugar : espaço ficcional e sua problematização em Cinzas do norte, de Milton Hatoum, e Nadie nada nunca, de Juan José Saer. 2014. 326 f. Tese (Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.