Efeitos da divulgação sobre capital intelectual no fenômeno de underpricing nos processos de abertura de capital de empresas: uma abordagem por machine learning

Carregando...
Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2022-08-02
Autores
Tonon, Bruna Pascualin
Orientador
Vallim Filho, Arnaldo Rabello de Aguiar
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Oyadomari, José Carlos Tiomatsu
Ermel, Marcelo Daniel Araújo
Programa
Controladoria e Finanças Empresariais
Resumo
Com o objetivo de analisar as influências da divulgação sobre capital intelectual no fenômeno do underpricing em Ofertas Públicas Iniciais ocorridas no Brasil no período de 2004 a 2019, esse estudo analisou 172 empresas que abriram seu capital nesse período. Seguindo a metodologia de Bukh et al. (2005), foi utilizado os prospectos de IPO para coleta das informações divulgadas sobre capital intelectual. Baseando-se no checklist utilizado pelos autores, o conteúdo dos prospectos foi analisado com base em seis categorias: funcionários, clientes, TI, processos, P&D e declarações estratégias. A ocorrência ou não do underpricing foi calculada por meio da comparação entre o retorno das ações, com o retorno do mercado nos dias respectivos à negociação da ação. Após a tabulação dos dois grupos de informação, utilizou-se técnicas de Inteligência Artificial, em particular, Aprendizado de Máquina para identificar os fatores que impactam o underpricing. Visando encontrar o modelo que melhor prevê a faixa de retorno dos IPOs, foram utilizadas quatro técnicas de classificação: Árvore de Decisão, KNN (K-Nearest Neighbors), GBT (Gradient Boosted Tree) e Random Forest. O desempenho foi avaliado pela acurácia, índice kappa e a análise da Matriz de Confusão dos testes. O modelo com melhor resultado, utilizando a técnica Random Forest, foi capaz de prever com 79% de acurácia a faixa de retorno da ação em seu primeiro dia de negociação com base nas palavras e termos citados acerca do capital intelectual nos prospectos definitivos de IPO. Constata-se que a divulgação sobre capital intelectual exerce influência sobre o retorno das ações em seu primeiro dia de negociação. As categorias de funcionários e declarações estratégicas são as mais expressivas no modelo apresentado. As implicações práticas se dão principalmente para os underwriters responsáveis pela oferta e as empresas emissoras, ao buscarem compreender o impacto que as informações divulgadas sobre capital intelectual podem trazer para o retorno da ação no seu primeiro dia de negociação.
Descrição
Palavras-chave
capital intelectual , oferta pública inicial , underpricing , ciência de dados , aprendizado de máquina
Citação