Mário Zan: um arauto da música de fronteira de Mato Grosso do Sul

Carregando...
Imagem de Miniatura
Tipo
Tese
Data
2015-02-05
Autores
Ferrari, José Francisco
Orientador
Ambrogi, Ingrid Hötte
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Hooper, Silvana Seabra
Simões Júnior, José Geraldo
Etchebéhère Júnior, Lincoln
Ota, Daniela Cristiane
Programa
Educação, Arte e História da Cultura
Resumo
Esta tese tem como objeto de pesquisa reconhecer o músico/sanfoneiro Mário Zan, como um dos primeiros compositores a divulgar os ritmos e a música da fronteira sul-mato-grossense, aos outros estados da nação e também fora dela, o que contribuiu para torná-lo conhecido e respeitado no Brasil, concluindo ser o mesmo, um arauto da música de fronteira de Mato Grosso do Sul. Com isso objetivamos verificar a influência da música de fronteira nas composições de Mário Zan, bem como a relevância de sua passagem pelo Estado na década de 1940, para a música da cultura local sul-mato-grossense. A pesquisa foi realizada a partir de consultas ao jornal da época, que circulava em Campo Grande, conversas informais com amigos, músicos e conhecidos de Mário Zan, além de declarações feitas a mim, depoimentos de familiares do artista e, também, a partir de memórias e relatos que obtive por meio de conversas com o próprio Mário Zan em novembro de 1996. Utilizei a pesquisa bibliográfica sobre o artista para verificar o objetivo proposto, que resultou em uma narrativa biográfica do compositor. A pesquisa bibliográfica mostrou-se fundamental para este estudo e, dessa forma, os livros de José Hamilton Ribeiro, Maria da Glória Sá Rosa, Rosa Nepomuceno, José Octávio Guizzo, Álvaro Neder, Evandro Higa, Rodrigo Teixeira, dentre outros, foram de grande importância para a compreensão da música local. Somam-se a esses os estudos de teóricos culturalistas tais como: Antônio Cândido, Eneida Maria de Souza, Hugo Achugar, Nestor Garcia Canclini, Homi Bhabha, Angel Rama, entre outros, que deram suporte às minhas reflexões teóricas sobre o assunto. Por fim, concluo que o estado de Mato Grosso, atual Mato Grosso do Sul, começou a ser conhecido musicalmente por meio das composições de Mário Zan. O artista ao apropriar-se dos ritmos fronteiriços e mostrá-los para outras regiões do país fez o papel de porta-voz, ou seja, tornou-se um arauto da música de fronteira de Mato Grosso do Sul.
Descrição
Palavras-chave
música de fronteira , Mário Zan , arauto , Mato Grosso do Sul , boundary music , Mario Zan , herald , Mato Grosso do Sul
Citação
FERRARI, José Francisco. Mário Zan: um arauto da música de fronteira de Mato Grosso do Sul. 2015. 206 f. Tese (Doutorado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.