O monopólio do big data e o reforço da LGPD – o antagonismo na promoção da inovação e o papel do direito concorrencial

dc.contributor.advisorPinto, Felipe Chiarello de Souza
dc.contributor.authorSouza, Júlia Kalvon
dc.contributor.refereesJunqueira, Michelle Asato
dc.contributor.refereesGarcia, Lara Rocha
dc.date.accessioned2022-07-05T21:51:15Z
dc.date.available2022-07-05T21:51:15Z
dc.date.issued2020-12
dc.description.abstractO presente artigo pretende discutir dois pontos relevantes à inovação tecnológica perante o atual contexto jurídico-normativo brasileiro, promovendo uma breve comparação legislativa entre a GDPR e a LGPD, bem como a contextualização através de análise bibliográfica do mercado digital. O primeiro ponto a ser analisado, trata da constituição do monopólio obtido pelas Big Techs através do processamento de dados, anterior ao contexto promovido pela Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/2018). O intuito do presente artigo é entender se a legislação brasileira de proteção de dados opera como facilitadora da manutenção da posição dominante no mercado daqueles que detêm informação - apresentando-se como eventual barreira legislativa para o surgimento de inovação, dificultando a entrada de novos players no mercado de tecnologia aptos a concorrer com as Big Techs já consolidadas. O segundo ponto a ser tratado é analisar no contexto supracitado, a necessidade de alinhamento do Direito Concorrencial à proteção de dados no âmbito das plataformas digitais como desenvolvedores e promotores de inovações.pt_BR
dc.description.abstractThis article intends to discuss two relevant aspects of technological innovation in the current Brazilian Legal and Normative context. The first being the establishment of the monopoly by Big Techs through data processing, and how the Brazilian legislation of data protection could act as a facilitator for maintenance of the dominant position held by Big Techs - presenting itself as an eventual legislative barrier to the development of innovation, preventing the entry of new players in the technology market capable of competing with the Big Techs already consolidated. The second issue is to analyze the need for parallel alignment of competition law and data protection, in the context of digital platforms, to act as developers and promoters of innovations.pt_BR
dc.formatTextopt_BR
dc.identifier.urihttps://dspace.mackenzie.br/handle/10899/29691
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Direito (FD)pt_BR
dc.publisher.initialsUPMpt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectbig techspt_BR
dc.subjectinovaçãopt_BR
dc.subjectproteção de dadospt_BR
dc.subjecttecnologiapt_BR
dc.subjectantitrustept_BR
dc.subjectinnovationpt_BR
dc.subjectdata protectionpt_BR
dc.subjecttechnologypt_BR
dc.subjectantitrustept_BR
dc.titleO monopólio do big data e o reforço da LGPD – o antagonismo na promoção da inovação e o papel do direito concorrencialpt_BR
dc.typeTCCpt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Júlia Kalvon Souza.pdf
Tamanho:
900.79 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.95 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: