A máquina falha

Carregando...
Imagem de Miniatura
Tipo
TCC
Data
2019
Autores
Cordeiro, Camila Mincherian Mostafa
Orientador
Guatelli, Igor
Fehr, Lucas
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Programa
Resumo
Este trabalho discorre sobre o corpo se movimenta no espaço, se ocupa do espaço, reage ao espaço. Sendo assim, a arquitetura e o sujeito estão em constante interação, em constante jogo de sedução. A reflexão sobre o corpo no âmbito arquitetônico deve ir além das medidas. O controle é uma forma de poder, e suas lógicas formam uma máquina capaz de regrar mais do que somente o espaço. As máquinas de controle estão presentes nas sociedades como um todo, atritando sempre em seu ritmo, à espera de uma população superobediente, dócil; meras engrenagens que sincronizam com as rotações da máquina. Cabe então refletir sobre a reação ao controle, a emancipação do sujeito, e como o espaço, a cidade e os territórios são capazes de instigar os contra-atritos. No que seria uma retomada de um erotismo, recuos e avanços, no ato de contemplar e se deixar seduzir pelo espaço. O momento de suspenção em que há uma tomada de consciência do indivíduo, a curiosidade e o explorar o lugar, a fim de criar novos atritos, novas liberdades...
Descrição
Palavras-chave
espaço , arquitetura , máquina
Citação