Análise do aproveitamento do lodo de estações de tratamento de água em pavimentos

Imagem de Miniatura
Tipo
TCC
Data
2019-12-18
Autores
Gil, Jéssica Miléo Lourenço
Corrêa, Lucas
Yokomizo, Marcio
Antonelli, Natalia Parra
Orientador
Oliveira, Patricia Candioto Migliari de
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Programa
Resumo
No processo de tratamento da água para que a mesma se torne potável, ela passa por processos que geram resíduos conhecido como lodo. Devido à demanda crescente por água potável, a geração destes resíduos vem causando um impacto financeiro progressivo para as companhias de saneamento pela necessidade de descarte deste material em bota-foras devidamente licenciados. O aumento da produção de lodo, as leis ambientais gradativamente mais exigentes combinado com a localização dos bota-foras cada vez mais distantes dos centros urbanos tornarão cada vez mais onerosas o descarte deste material. Assim, faz-se necessário o estudo de alternativas para disposição final deste resíduo que atenda as leis pertinentes e que minimizem os custos desta operação. O presente estudo teve como objetivo analisar uma disposição final ambientalmente adequada, economicamente viável e tecnicamente praticável dos lodos de estação de tratamento de água como sub-camadas dos pavimentos, analisando o comportamento mecânico do lodo da ETA Mambu-Branco pelo ensaio Índice de Suporte Califórnia e análises de características físico químicas do material. A caracterização química para a verificação da viabilidade ambientalmente correta foi realizada por meio dos ensaios de Fluorescência de Raios-X e análise do lixiviado pelo Espectrofotômetro de Absorção Atômica. Os resultados das análises químicas apresentaram uma composição diversificada do lodo, sendo que os parâmetros inorgânicos verificados estão dentro do limite máximo permitido pela NBR 10.004 (ABNT, 2004). Os ensaios mecânicos apresentaram resultados que atendem as normas, de forma que torna possível sua utilização na camada reforço do subleito da pavimentação.
In order to make it potable, the water goes through a treatment process that produces a residue called sludge. Because of the growing demand for potable water, the production of this residue is causing a progressive financial impact to the sanitation companies due to the need to dispose the material in proper licensed places. The rise of sludge production, environmental laws gradually getting stronger plus the distance between the urban areas and land disposal area getting longer will make even more expensive to dispose this material. Therefore, it is necessary to study alternative disposal solutions to this sewage that respects the laws and decrease the cost of the operation. This paper research to analyze and present a technically and economically viable destiny for the sludge from water treatment, an environmental friendly final disposal as subbase course, studying the mechanical behavior of the material from Mambu-Branco Water Treatment Plant through the California Bearing Ratio and analyzing the physicochemical properties of the material. The chemical characterization was made through X-Ray Fluorescence test and the leaching analyses made by Atomic Absorption Spectroscopy in order to verify the environmental viability. The chemical results presented a diversified sludge compose, and the inorganic standards are within the maximum range allowed by the NBR 10.004 (ABNT, 2004). The mechanical tests showed results that satisfy the Brazilian standards, enabling the usage of the material as are in reinforcement for the subgrade in the pavement.
Descrição
Palavras-chave
Lodo de ETA , índice de suporte Califórnia , pavimentação , Sludge from Water Treatment plant , California bearing ratio , pavement
Citação