Estudo de diferentes aditivos para redução do odor em polímero polietileno reciclado

Imagem de Miniatura
Tipo
TCC
Data
2021-06-18
Autores
Meira, Lorena Martins
Orientador
Barbosa, Juliano Martins
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Programa
Resumo
Desde a década de 70 a preocupação com tratamento do resíduo sólido urbano tem crescido significativamente, relacionado principalmente aos impactos financeiros, ambientais e respectivas alternativas em recuperar e revalorizar estes materiais. Uma das alternativas mais empregadas mundialmente de reutilização dos materiais é por meio da reciclagem mecânica, entretanto este processo pode causar odores desagradáveis, que no processo de limpeza ou extrusão convencional não podem ser removidas. Estes odores são provenientes de substâncias presentes em embalagens alimentícias, cosméticas e produtos, que com a temperatura e o tempo de extrusão, causam a mudança química na matéria, gerando compostos orgânicos voláteis que geralmente são os responsáveis pela geração e transporte dos odores. Utilizando o método cromatografia gasosa, é possível identificar qualitativamente e quantitativamente quais compostos orgânicos estão presentes no processo. Neste artigo foram utilizados autores que demonstraram quais os processos e aditivos para melhorar e bloquear a liberação de odores na fase de extrusão dos materiais recicláveis. Observa-se que aplicando modificações de desgaseificação durante a etapa de extrusão combinados com intervalos de temperatura podem diminuir o transporte de odores para a superfície assim como a utilização de adsorventes ou scavengers como a zeólitas naturais e sintéticas que podem reduzir significativamente a emissão de odores por meio da aprisionamento dos compostos orgânicos voláteis nas estruturas dos poros das zeólitas.
Since the 70s the concern with the treatment of urban solid waste has grown significantly, mainly related to the financial and environmental impacts and respective alternatives in recovering and revaluing these materials. One of the most used alternatives worldwide for reusing materials is through mechanical recycling, however this process can cause unpleasant odors, which in the conventional cleaning or extrusion process cannot be removed. These odors come from substances present in food packaging, cosmetics, and products, which with the temperature and the time of extrusion, cause the chemical change in the matter, generating volatile organic compounds that are generally responsible for the generation and transport of odors. Using the gas chromatography method, it is possible to identify qualitatively and quantitatively which organic compounds are present in the process. In this article, authors were used that demonstrated which processes and additives to improve and block the release of odors in the extrusion phase of recyclable materials. It is observed that applying degassing modifications during the extrusion step combined with temperature intervals can reduce the transport of odors to the surface as well as the use of adsorbents or scavengers such as natural and synthetic zeolites that can significantly reduce the emission of odors by by trapping volatile organic compounds in the pore structures of zeolites.
Descrição
Palavras-chave
odor , cromatografia , desgaseificação , zeólitas , recycling , polyethylene , chromatography , degassing , zeolites , polietileno , reciclagem
Citação