Um reconhecimento arquitetônico das fazendas cafeeiras do município de Ribeirão Preto (1870 1930)

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2014-01-30
Autores
Gleria, Ana Carolina
Orientador
Zein, Ruth Verde
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Lima, Ana Gabriela Godinho
Bortolucci, Maria Ângela Pereira de Castro e Silva
Programa
Arquitetura e Urbanismo
Resumo
Os anos de 1870 a 1930 foram marcados na cidade de Ribeirão Preto pela lavoura cafeeira intensiva, que fomentou o desenvolvimento da cidade e sua região, ativando transformações sociais e culturais permitindo o surgimento de uma nova burguesia agrícola empresarial, processo que gerou importantes refl exos na arquitetura local. O enfoque da presente pesquisa é o estudo da arquitetura rural ligada à produção cafeeira da região de Ribeirão Preto, em especial as casas sede das fazendas ainda remanescentes do ciclo cafeeiro, a partir de uma abordagem arquitetônica, através da metodologia de estudos de caso. O trabalho tem como base e dá continuidade às atividades de pesquisa do Inventário Nacional de Referências Culturais de Ribeirão Preto , que integra as atividades da Rede de Cooperação de Identidades Culturais coordenada pela prefeitura local com o apoio de várias instituições culturais. A partir da revisão ampla do levantamento já em curso, a pesquisa selecionou alguns casos signifi cativos de sedes de fazenda para análise e estudo de suas características arquitetônicas, formais e compositivas, verifi cando os partidos de composição adotados, os materiais e técnicas construtivas empregados, os arranjos e usos dos ambientes e demais aspectos signifi cativos dessas construções; considerando ainda seus antecedentes e as possíveis relações dessas obras com a cultura e tradição disciplinar arquitetônica da sua época.
Descrição
Palavras-chave
fazendas de café , arquitetura rural , arquitetura paulista , análise projetual , farms coffee , rural architecture , São Paulo architecture , projetual analysis
Citação
GLERIA, Ana Carolina. Um reconhecimento arquitetônico das fazendas cafeeiras do município de Ribeirão Preto (1870 1930). 2014. 328 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.