Os sentidos do olhar sobre a identidade: Diego Rivera e Octávio Paz

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2011-02-16
Autores
Moreno, Camilla Cafuoco
Orientador
Trevisan, Ana Lúcia
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Azevedo, Wilton Luiz de
Morais, Osvando José de
Programa
Letras
Resumo
O presente trabalho desenvolve o diálogo existente entre textos de naturezas distintas, ou seja, estuda o dialogismo existente na literatura e na pintura mural. Para tanto, utiliza-se, como corpus de análise, um capítulo que compõe o livro El laberinto de la soledad, de Octavio Paz, intitulado "De la independencia a la revolución", em que o autor propõe uma reflexão sobre a constituição da formação identitária e ideológica do ser mexicano do século XX. Como corpus de análise imagética estão presentes dois murais de Diego Rivera, intitulados The marriage of the artistic expression of the North and South of the continent e La lluvia. A base teórica utilizada para o desenvolvimento do trabalho compreende autores que discutem questões políticas, identitárias e ensaísticas, tais como Krauze, Fuentes e Vasconcellos, e autores que discutem a questão dialógica e intertextual, como Bakthin, Ferrara, Kristeva e Barros. Para embasar a análise imagética, recorreu-se às considerações de Gomes Filho, Dondis, Arnhei e, Manguel.
Descrição
Palavras-chave
ensaio , muralismo , identidade , rehearsal , muralist , identity
Citação