Martinho Lutero e os usos da música: o passado ainda canta

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2011-02-18
Autores
Almeida, Suenia Barbosa de
Orientador
Aquino, Maria Aparecida de
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Ambrogi, Ingrid Hötte
Poloni, Delacir Aparecida Ramos
Programa
Educação, Arte e História da Cultura
Resumo
Aborda questões pertinentes à música e sua relação com a Reforma Protestante do século XVI, que tem como principal expoente o Monge Agostiniano Martinho Lutero. Aponta as implicações dos ideais da Reforma na arte musical por ter exercido papel de suma importância na divulgação dos princípios luteranos. Mostra o lugar ocupado pela música na trajetória do reformador desde sua infância até o ambiente acadêmico, bem como a relevância dessa temática em toda a sua obra. Registra o legado deixado pelo reformador para o universo da música litúrgica e sua repercussão até os dias atuais. Apresenta Martinho Lutero como compositor e revela seu intuito de tornar a música, principalmente a destinada para a liturgia, uma prerrogativa de todos os participantes das missas, e não apenas dos clérigos, como acontecia até então. Destaca os usos da música na obra do reformador, que a vê como ferramenta pedagógica, por ser veículo de comunicação para suas doutrinas; e também como objeto de estudo, já que seu ensino é incentivado por ele a partir das séries iniciais. Conclui que Lutero ainda se mostra pertinente para a contemporaneidade dada sua preocupação em fazer uso da música como instrumento de formação e também de informação
Descrição
Palavras-chave
reforma protestante , Martinho Lutero , música , educação , protestant reformation , Martin Luther , music , education
Citação
ALMEIDA, Suenia Barbosa de. Martinho Lutero e os usos da música: o passado ainda canta. 2011. 127 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2011.