Show simple item record

dc.creatorPierson, Lia Cristina Campospt_BR
dc.date.accessioned2016-03-15T19:34:32Z
dc.date.accessioned2020-05-28T18:06:14Z
dc.date.available2008-06-06pt_BR
dc.date.available2020-05-28T18:06:14Z
dc.date.issued2007-09-27pt_BR
dc.identifier.citationPIERSON, Lia Cristina Campos. Lacan: sujeito e direito. 2007. 70 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2007.por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/23906
dc.description.sponsorshipInstituto Presbiteriano Mackenziept_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectestruturapor
dc.subjectformapor
dc.subjectdireitopor
dc.subjectpsicanálisepor
dc.subjectstructurefra
dc.subjectformefra
dc.subjectdroitfra
dc.subjectpsychanalysefra
dc.titleLacan: sujeito e direitopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.publisher.departmentDireitopor
dc.publisher.programDireito Político e Econômicopor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITOpor
dc.description.resumoEstrutura forma e direito abordados a partir da psicanálise revista por Lacan e seus desdobramentos que produziram um sujeito filosófico que pode ser compreendido em sua re-significação pelo direito, afirmada pelo marxismo e por seu valor de discurso produtor de verdades, que no capitalismo tem a finalidade de inventar o sujeito de direito. Estudam-se neste trabalho três categorias: estrutura, forma e direito. Se os aborda tendo como ponto de partida a psicanálise, na forma produzida pela revisão de Jacques Lacan e seus desdobramentos do que resultou produzir um sujeito filosófico. Busca-se a compreensão dele na sua re-significação atribuída pelo direito, resgatando a afirmação pelo marxismo, e pelo valor de discurso produtor de verdades. Refere-se que esse discurso no capitalismo persegue a finalidade de inventar o sujeito de direito. Constata-se a possibilidade de extrair o sujeito filosófico da chamada psicanálise lacaniana, enquanto estrutura, para através dessa abordagem estabelecer uma relação entre o sujeito filosófico lacaniano e o sujeito de direito. Essas estruturas sujeito da psicanálise e sujeito de direito são análogas, porém não se confundem.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7056877162738038por
dc.contributor.advisor1Mascaro, Alysson Leandro Barbatept_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8113086244535620por
dc.contributor.referee1Solon, Ari Marcelopt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2246120528280389por
dc.contributor.referee2Naves, Márcio Bilharinhopt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0824430506757634por
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/3451/Lia%20Cristina%20Campos%20Pierson.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1193/1/Lia%20Cristina%20Campos%20Pierson.pdf


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record