Show simple item record

dc.creatorPorto, Roberto Teixeira Pintopt_BR
dc.date.accessioned2016-03-15T19:33:44Z
dc.date.accessioned2020-05-28T18:05:47Z
dc.date.available2007-08-13pt_BR
dc.date.available2020-05-28T18:05:47Z
dc.date.issued2006-08-21pt_BR
dc.identifier.citationPORTO, Roberto Teixeira Pinto. Direitos fundamentais e o combate à criminalidade no sistema prisional. 2006. 156 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2006.por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/23736
dc.description.abstractThis work is based on a primary idea: the need of establishing in Brazil a new prison technique able to operate the transformation of the prisioners in the way to change their criminal inclination, neutralizing their risks, becoming friendly, excluded of their originary world. It is the work's purpose show that the actual disciplinary system applied inside of the brazilians prisons centralized their technique only in repressive effects, not giving importance to the recovery of the prisioner. The desertion of the prisional system by the State responsability, supported the formation of criminal factions. The challenge is substitute a power that expresses itself toward the shine of the unused, for a power that looks for discipline, in the way that society represented for the State, occupy the place of ideal between the prisioner.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Embargadopor
dc.subjectcriminalidadepor
dc.subjectsistema prisionalpor
dc.subjectcriminalityeng
dc.subjectprisional systemeng
dc.titleDireitos fundamentais e o combate à criminalidade no sistema prisionalpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.publisher.departmentDireitopor
dc.publisher.programDireito Político e Econômicopor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO::DIREITO PUBLICO::DIREITO PENALpor
dc.description.resumoO presente trabalho está baseado em uma premissa principal: a necessidade de se estabelecer no Brasil uma nova técnica penitenciária capaz de efetivamente operar a transformação dos setenciados, de forma a modificar suas disposições criminosas, neutralizando sua periculosidade, tornando-os dóceis, excluídos de seus mundos originários. É objetivo do trabalho demonstrar que o atual sistema disciplinar aplicado dentro dos presídios brasileiros centrou seus mecanismos unicamente em seus efeitos repressivos, deixando de lado a ressocialização do setenciado. O abandono do sistema prisional por parte do Estado propiciou a formação e crescimento de facções criminosas que dominam a grande maioria dos presídios brasileiros. Pretende-se enfatizar a necessidade de compreensão do processo de formação das facções criminosas. O desafio é substituir um poder que se manifesta pelo brilho da desutilidade por um poder que objetive incidiosamente a disciplina, de modo que a sociedade, representada pelo Estado, ocupe o lugar de ideal entre os detentos.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4978910705158497por
dc.contributor.advisor1Moraes, Alexandre dept_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2083768829536427por
dc.contributor.referee1Smanio, Gianpaolo Poggiopt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9297681530922931por
dc.contributor.referee2Nalini, José Renatopt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/3439599096974863por
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1021/1/Divulga%C3%A7%C3%A3o%20n%C3%A3o%20autorizada%20pelo%20autor.docx


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record