Show simple item record

dc.contributor.advisorBranco, Larissa Ferrer
dc.contributor.authorMello, Rachel Rodrigues de
dc.date.accessioned2019-08-05T18:31:12Z
dc.date.available2019-08-05T18:31:12Z
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/20001
dc.description.abstractO crescimento desordenado de São Paulo gerou uma cidade que se expande de forma setorizada e com baixas densidades, o que reflete diretamente na exclusão social e qualidade ambiental do município. Consequente de uma política de planejamento urbano que se focou no uso e ocupação do solo a partir da perspectiva do automóvel, a capital paulista procura atualmente alternativas de estratégias de planejamento e desenho urbano para reverter esse quadro e favorecer a interação social. Adotando a região do centro de São Paulo como pano de fundo, este trabalho se desenvolve a partir do direito de acesso a cidade, com recorte em grupo específico da população (estudantes universitários) que se desloca ativamente pelo território. Além da pesquisa histórica da expansão horizontal do município e seus impactos nas distâncias percorridas por certos grupos de habitantes, serão abordados os diferentes planos de mobilidade propostos durante diferentes governos municipais até a implantação e expansão de uma rede de transporte metroviário, e analisado o impacto que esse sistema teve e pode ter na orientação do crescimento da cidade.pt_BR
dc.description.abstractThe disorderly growth of São Paulo has created a city that expands in a segregated way and with low densities, which directly reflects in the social exclusion and environmental quality of the city. As a result of an urban planning policy that focused on land use and occupation from the perspective of the automobile, the city of São Paulo is currently looking for alternatives to urban planning and design strategies to reverse this scenario and foster the social interaction of the population. Adopting the center region of São Paulo as a background, this work develops from the right of access to the city, with focus on a specific group of the population (university students) that is actively moving through the territory. In addition to the historical research of the horizontal expansion of the city and its impacts on the distances traveled by certain groups of population, the several mobility plans proposed during different municipal governments will be addressed until the deployment and expansion of a subway transport network and analyzed the impact that this system had and has in guiding the growth of the city.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziept_BR
dc.subjectmetrôpt_BR
dc.subjectmobilidade urbanapt_BR
dc.subjectmigração pendular estudantilpt_BR
dc.subjectdesenvolvimento orientado pelo transporte (dot)pt_BR
dc.subjectcrescimento urbano de São Paulopt_BR
dc.subjectSubwaypt_BR
dc.subjectUrban mobilitypt_BR
dc.subjectStudent pendulum migrationpt_BR
dc.subjectTransit-oriented Development (TOD)pt_BR
dc.subjectUrban growth of São Paulopt_BR
dc.titleMetrô como estruturador do território urbano : a migração pendular de estudantes universitários em São Paulopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)pt_BR
dc.date.qualified2018-12-13


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record