Show simple item record

dc.creatorAlvim, Angelica A Tanus Benattipor
dc.date.accessioned2016-11-29T22:23:02Z
dc.date.available2016-11-29T22:23:02Z
dc.date.issued2014-04-01por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14536
dc.publisherInstituto Presbiteriano Mackenziepor
dc.subjectpolítica urbanapor
dc.subjectpolítica ambientalpor
dc.subjectárea de proteção dos mananciaispor
dc.subjectregião metropolitana de são paulopor
dc.subjectassentamentos precáriospor
dc.subjectprojetos urbanospor
dc.titleDas políticas ambientais e urbanas às intervenções: conflitos, desafios e possibilidades para áreas protegidas no meio urbano.por
dc.typeProjeto de Pesquisapor
dc.publisher.departmentFAU - PROGRAMA DE PÓS - GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMOpor
dc.description.resumoEm caráter amplo, esta pesquisa tem como objetivo geral discutir as possibilidades, os limites e os desafios da integração das políticas ambientais às políticas urbanas no Brasil, associadas às possibilidades de intervenções em áreas protegidas. Os objetivos Específicos são: - Verificar em que medida os instrumentos ambientais, particularmente as legislações específicas elaboradas para as sub-bacias do Guarapiranga (2006) e da Billings (2009) articulam-se às políticas urbanas do conjunto de seus municípios, com destaque para os Planos Diretores vigentes. - Verificar se os instrumentos urbanísticos, particularmente os planos diretores introduzem uma forma de ocupação do solo que considere a realidade urbana e habitacional e que contemplem modelos de ocupação menos impactantes ao meio ambiente. - Verificar se são previstas parcerias entre os municípios e organismos locais na resolução de conflitos urbanos e ambientais comuns à escala da bacia e da sub-bacia e na elaboração de projetos de ação em áreas degradadas. - Identificar e analisar casos que ilustrem possibilidades de intervenções locais, à luz desse processo, que possam contribuir efetivamente para a recuperação das áreas de proteção dos mananciais, considerando as preexistências urbanas, ou seja, as especificidades locais, as características dos habitantes e suas dinâmicas socioeconômicas e, ao mesmo tempo, os princípios das novas legislações ambientais.por


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record