A questão do ressentimento na filosofia de Nietzsche

Carregando...
Imagem de Miniatura
Tipo
TCC
Data
2021
Autores
Oliveira, Tarcísio Martins de
Orientador
Rezende, Ângela Zamora Cilento de
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Programa
Resumo
No presente artigo, pretende-se realizar uma investigação do papel do ressentimento na criação de valores e suas implicações para a saúde do homem. Para Nietzsche, o ressentimento não é apenas um sentimento, mas sim, um fenômeno sociopsicológico, no qual seres humanos incapazes de lidar com a própria fraqueza, alimentam dentro de si sentimentos negativos em decorrência de sua finitude frente à própria existência. Como um filósofo/psicólogo Nietzsche analisa a influência e as consequências do ressentimento sobre a moral moderna, sobre o indivíduo e à sociedade. Este trabalho segue o mesmo percurso percorrido pelo nosso autor: fez-se preliminarmente uma análise da dupla origem dos valores morais; em seguida pretendeu-se fazer um levantamento do perfil psicológico do “tipo senhor” e do “tipo escravo” e suas características e, por fim, uma abordagem nietzschiana sobre os impactos do ressentimento para a sociedade e seu projeto filosófico de superação do ressentimento – a grande saúde. Tendo como base os apontamentos trazidos pelo filósofo alemão, o presente artigo busca compreender os significados e os desdobramentos do ressentimento sobre a saúde do homem e sobre todo o processo civilizatório.
In this article, we intend to carry out an investigation of the role of resentment in the creation of values and its implications for human health. For Nietzsche, resentment is not just a feeling of the individual, but a socio-psychological phenomenon, in which human beings incapable of dealing with their own weakness, nurture negative feelings within themselves as a result of their finitude towards their own existence. As a philosopher/psychologist Nietzsche analyzes the influence and consequences of resentment on modern morality, on the individual and on society. This work follows the same path taken by our author: a preliminary analysis of the dual origin of moral values was carried out; then, it was intended to make a survey of the psychological profile of the “master type” and the “slave type” and their characteristics and, finally, a Nietzschean approach on the impacts of resentment on society. Based on the notes brought by the German philosopher, this article seeks to understand the meanings and consequences of resentment on human health and on the entire civilizing process.
Descrição
Palavras-chave
moral , ressentimento , saúde , cultura , moral , resentment , health , culture
Citação