Blendas poliméricas de alto desempenho mecânico

dc.contributor.advisorFechine, Guilhermino José Macêdo
dc.contributor.authorCoelho, Heloá Catarina
dc.date.accessioned2022-05-24T12:44:26Z
dc.date.available2022-05-24T12:44:26Z
dc.date.issued2019-06
dc.description.abstractO lixo urbano concentra uma grande quantidade de material polimérico proveniente de diversas industrias, por exemplo: industrias de embalagem e indústria automobilística. O desenvolvimento de blendas poliméricas com boa relação custo/benefício é uma saída ao descarte em excesso de materiais e uma boa alternativa à sintetização de novos polímeros. O objetivo deste trabalho foi caracterizar mecanicamente blendas poliméricas compostas por poliestireno de alto impacto – PSAI e borracha estireno-butadieno – SBR. A composição 90/10 (PSAI/SBR) foi mantida, variando apenas a granulometria do resíduo de SBR usado, 0,59mm , 0,177mm e 0,149mm. Foram realizados ensaios mecânicos de tração e impacto no PSAI puro e nas blendas. Os resultados indicaram que a adição da SBR não contribuiu para tenacificação do PSAI, muito provavelmente devido à baixa compatibilidade entre as fases e/ou a degradação já presente na borracha SBR o que a torna extremamente rígida. Os resultados mostraram também aumento nas propriedades em tração da maioria das blendas, como a tensão e o modulo de elasticidade.pt_BR
dc.description.abstractThe urban trash has a lot of polymeric materials that come from different industries, as automotive industry and packing industry. The development of polymeric blends with good properties and low coast is a way out from the big materials disposal and from the synthesis of new polymers. This paper objective was the mechanical characterization of polymeric blends made of High Impact Polystyrene -HIPS and styrene-butadiene rubber – SBR. The composition 90/10 (HIPS/SBR) was sustained, and the SBR granulometry raged from 0,59mm, 0,177mm to 0,149mm. Impact and tensile tests were made with the pure HIPS and with the blends. The results indicated that the SBR addiction didn’t contribute to the HIPS tenacity, probably there were bad compatibility between the phases and/or the SBR was already degraded, what made the rubber extremely rigid. The results showed an increase in the tensile tests, as tension and Young’s modulus too.pt_BR
dc.identifier.urihttps://dspace.mackenzie.br/handle/10899/29431
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziept_BR
dc.publisher.departmentEscola de Engenharia (EE)pt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectpolímeropt_BR
dc.subjectborrachapt_BR
dc.subjectblenda poliméricapt_BR
dc.subjectcaracterização mecânicapt_BR
dc.subjectpolymer rubberpt_BR
dc.subjectpolymeric blendpt_BR
dc.subjectmechanical characterizationpt_BR
dc.titleBlendas poliméricas de alto desempenho mecânicopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
GRUPO 45_p.pdf
Tamanho:
210.15 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
GRUPO 45_p
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.95 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: