Show simple item record

dc.creatorNeto, Candido Malta Campospor
dc.date.accessioned2016-11-29T22:22:50Z
dc.date.available2016-11-29T22:22:50Z
dc.date.issued2011-11-01por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14461
dc.publisherInstituto Presbiteriano Mackenziepor
dc.subjecthistóriapor
dc.subjectculturapor
dc.subjecturbanismopor
dc.subjectamérica latinapor
dc.subjectcidadepor
dc.subjectpenínsula ibéricapor
dc.subjectarquiteturapor
dc.subjectmodernidadepor
dc.subjectcontemporaneidadepor
dc.titleA cidade iberoamericana: história, cultura e urbanismo. passagens do ideário urbanístico entre buenos aires, rio de janeiro e são paulo.por
dc.typeProjeto de Pesquisapor
dc.publisher.departmentPROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMOpor
dc.description.resumoDestacar o papel de referência dos casos de Buenos Aires e do Rio de Janeiro na definição, alimentação e balizamento do ideário urbanístico e do debate urbano em São Paulo; Investigar conexões entre concepções, propostas e intervenções em pauta nos três centros metropolitanos em questão, desde os últimos anos do século XIX, passando por todo o século XX, acompanhando o desenvolvimento do urbanismo, do planejamento urbano e chegando aos paradigmas contemporâneos do planejamento estratégico e dos projetos urbanos; (A partir dos primeiros contatos com essa temática e seus casos de estudo, porém, verificou-se que a compreensão desses fluxos não poderia se ater a uma única direção: não apenas os esquemas convencionais de difusão das concepções urbanísticas no sentido centro-periferia deveriam ser ampliados no sentido de abarcar os contatos entre as cidades sul-americanas escolhidas; mas esses contatos também deveriam ser compreendidos de maneira mais abrangente, na medida em que não se podem tomar os exemplos de Buenos Aires e do Rio de Janeiro como meras contrapartidas locais numa cadeia geral de subordinação a idéias oriundas dos centros difusores do Hemisfério Norte, funcionando como pólos retransmissores do ideário urbanístico em âmbito local, nacional ou continental. Ao contrário, os contatos e referenciamentos se dão em todas as direções, e os diferentes elementos do ideário urbanístico, conquanto oriundos, em última instância, de fontes européias ou norte-americanas, são traduzidos, retraduzidos e repropostos constantemente pelos meios técnicos locais, além de serem selecionados e remanejados ao sabor das circunstâncias e demandas específicas encontradas em cada cidade; e como tal ricocheteiam entre as grandes metrópoles sul-americanas, assumindo em cada passagem novos significados e interpretações.) Aferir manifestações desse debate em periódicos especializados, propostas, planos, projetos e outros documentos urbanísticos, livros e outras publicações pertinentes; Enquanto objetivo acessório, seriam ainda enfocados aspectos do debate arquitetônico, muitas vezes indissociável das elaborações urbanísticas; e, principalmente, questões presentes no assim chamado debate nacional que presidia às demais discussões envolvidas na transformação da cidade e do país, colocando em jogo propostas de construção da nacionalidade e das identidades nacional e local, em embates ideológicos que deixaram sua marca nas diferentes propostas de modernização urbana. Tais considerações, ainda que presentes pontualmente ao longo destes primeiros resultados, deverão ter seu desenvolvimento em separado nas etapas seguintes da pesquisa.por


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record