Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/17962
Tipo do documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: As influências da memória e a fragilidade da prova testemunhal
Autor: Calderaro, Jacqueline
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo central, fazer um estudo sobre os principais fatores que afetam a veracidade da prova testemunhal dentro do campo do processo penal brasileiro, bem como, enfatizar a questão da memória humana e de sua falibilidade. Buscaremos analisar as técnicas fornecidas pela Psicologia do Testemunho que visam reduzir os erros dos depoimentos, como por exemplo, os métodos da entrevista cognitiva e do depoimento sem dano. A pesquisa é amparada na doutrina de autores processualistas e de bibliografias da área da psicologia, o que transmite ao longo do trabalho a conexão entre essas duas áreas do conhecimento. Por fim, a intenção de elucidar sobre a necessidade de tratar as testemunhas com o cuidado que lhes é devido, tendo em vista o caráter subjetivo da prova testemunhal e da sujeição de todos os seres humanos às mais diversas influências tanto do ambiente externo como por questões pessoais.
Palavras-chave: prova testemunhal;  memória;  psicologia;  processo penal
Idioma: pt_BR
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Faculdade de Direito
Tipo de acesso: Acesso aberto
URI: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/17962
Data de defesa: 2016
Aparece nas coleções:Direito - TCC – FDIR Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JACQUELINE CALDERARO...pdf535.07 kBUnknownBaixar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons