Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14523
Tipo do documento: Projeto de Pesquisa
Título: A rede design possível e a multiplicação da tecnologia social no espaço geográfico brasileiro.
Autor: Martins, Nara Silvia Marcondes
Resumo: O principal objetivo desta pesquisa foi de fazer uma verificação do modelo de articulação da tecnologia social desenvolvido e empregado pelo Design Possível em espaço geográfico brasileiro em época de sustentabilidade. A pesquisa propôs articular e compartilhar com outras instituições a tecnologia social desenvolvida pelo Design Possível desde os anos de exercício em ações de projeto de extensão universitária até os dias atuais. De todas as atividades desenvolvidas pela Ong Design Possível uma das mais importantes é promover a gestão socialmente engajada. O trabalho realizado demonstra que comunidades produtoras têm conseguido valorizar características culturais e sociais, melhorar sua resposta produtiva, alcançando mercado qualificado, exigente e lucrativo. Uma das principais práticas do Design Possível é difundir o emprego da Tecnologia Social certificada pelo Banco do Brasil e pela UNESCO em 2009. Compreende-se por tecnologia social conjunto de produtos, técnicas e/ou metodologias reaplicáveis, associados a formas de organização coletiva, que representam soluções para a inclusão social e melhoria da qualidade de vida, portanto que representem efetivas soluções de transformação social. O objetivo da pesquisa foi promover a inédita articulação em formato de rede entre pesquisadores de diferentes universidades brasileiras, que desenvolvam projetos, ações sociais e tecnologias sociais em comunidades de acordo com a mesma triangulação proposta pelo Design Possível: universidade, terceiro setor e comunidade. Apesar da Rede Design Possível já existir foi preciso avançar e atuar no espaço geográfico para estabelecer um novo paradigma para o desenvolvimento da sustentável da sociedade brasileira. A pesquisa buscou apresentar uma rede de pesquisadores para o estudo e averiguação do desenvolvimento sustentável em diferentes áreas do Brasil. A idéia de se colocar em prática a Rede foi uma medida de política social, que reconhece e incentiva a atuação das redes de solidariedade local no combate à pobreza e à exclusão social e na promoção do desenvolvimento local. Alguns contatos com as universidades já existiam, algumas se prontificaram a participar da Rede, entre elas estavam a Universidade Federal da Amazônia, a Universidade Federal do Pará, o Instituto Federal de Santa Catarina, a Universidade Federal de Santa Catarina, a Universidade Federal do Paraná, a Universidade Estadual de Londrina e a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Cada uma destas instituições teve a intenção de participar da Rede Design Possível, para seguir o mesmo desenho organizacional e estrutural do Design Possível de São Paulo. O objetivo de consagrar a rede foi de promover a construção de novo modelo de relacionamento social pautado no empreendedorismo, em geração de renda cooperada, que caminha, como já é possível observar em muitos países europeus, seguindo os princípios de comércio ético e solidário. A meta dessa pesquisa foi consolidar a rede Design Possível, para tanto, foi necessário realizar um encontro, ou seja, uma reunião técnica entre os novos parceiros. Pensou-se então em organizar o 2º Seminário Multiplicadores, Multiplicadores 2011: Articulação e Troca de Experiências, que deveria ser realizado em agosto de 2011, com o intuito de consolidar o desenvolvimento social em escala. O encontro uniu pesquisa, extensão e ensino, contaria com a participação de pesquisadores, gestores e agentes empreendedores da área de extensão universitária, da ação social que trabalham com tecnologias sociais, com sustentabilidade e com design. Desta forma, a pesquisa ampliou e consolidou rede Design Possível com ideal de responsabilidade social efetivo e eficiente, lembrando que desde que todos colaborem para a elaboração de ações para o desenvolvimento sustentável focado no coletivo. Foi também objetivo da pesquisa buscar novas parcerias e instituições educacionais em estados da região do norte e da região sul do Brasil.
Palavras-chave: rede;  tecnologia social;  design possível;  comunidade;  projeto colaborativo;  design;  sustentabilidade
Instituição: Instituto Presbiteriano Mackenzie
Departamento: Desenho Industrial
URI: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14523
Data de defesa: 29-Fev-2012
Aparece nas coleções:Projetos de Pesquisa

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
2419_2010_0_6.pdf42.46 MBUnknownBaixar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.