Show simple item record

dc.creatorPirola Filho, Ruben
dc.date.accessioned2020-03-30T17:48:14Z
dc.date.accessioned2020-05-28T18:14:48Z
dc.date.available2020-05-28T18:14:48Z
dc.date.issued2018-03-02
dc.identifier.citationPIROLA FILHO, Ruben. A ditadura do mau-humor: uma análise sobre o humor no movimento evangélico brasileiro no período do regime militar, dos anos 1964 a 1985. 2018. 235 f. Dissertação (Ciências da Religião) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2018.por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/25788
dc.description.abstractThis study analyzes the development of a new posture and consequently a new language of religious propaganda emerged in the Brazilian evangelical movement during the period of the military regime, more humorous and better contextualized culturally. It is a qualitative research, based on references in the movement, which had a crucial importance at that time, bringing a contribution in the arts –music, puppet animation, graphic arts, print communication and also in the development of a new generation of believers – establishing new patterns of behavior and languages within the scope of religious experience. The methodological procedures adopted were mainly recording the observations with photos, musical recordings, audio records and interviews. The theoretical basis of the study was primarily based on the references of sociology and the anthropology of religions, arts and communication. Analyzes and interpretations of the data reveals that humor and religion should not be separated or viewed as irreconcilable. It is also possible, from the analyzes carried out, to perceive a permanent tension between humor and institutionalized religion, especially among those who still wish to remain in power within the religious field, even at the expense of their ideals and profession of faith. The humor that makes a speech light, also threatens those who cannot see lightness or naturalness in relation to the Immanent, the Godhead. The analysis also reveals that humor can be a powerful ally in communicating the values of spirituality and the Christian religion. Those who took advantage of it, managed to gather more followers, touching the Brazilian culture much more effectively, even before they even had access to mass media.eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
dc.subjectcristianismopor
dc.subjecthumorpor
dc.subjectmovimento evangélicopor
dc.subjectditadura militar brasileirapor
dc.subjectcristianismo reformadopor
dc.titleA ditadura do mau-humor: uma análise sobre o humor no movimento evangélico brasileiro no período do regime militar, dos anos 1964 a 1985por
dc.typeDissertaçãopor
dc.publisher.departmentCentro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)por
dc.publisher.programCiências da Religiãopor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANASpor
dc.description.resumoEste estudo analisa o desenvolvimento de uma nova postura e uma consequentemente nova linguagem de propaganda religiosa surgida no movimento evangélico brasileiro durante o período do regime militar, mais bem-humorada e mais contextualizada culturalmente. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, pautada por referenciais no movimento, que tiveram importância capital no momento, trazendo uma contribuição nas artes – música, animação de bonecos, nas artes gráficas, na comunicação impressa e na formação de uma nova geração de fiéis – imprimindo novos padrões de comportamento, e de linguagens no âmbito da vivência religiosa. Como procedimentos metodológicos foram adotados principalmente o registro das observações com fotos, letras de músicas, e em entrevistas. A fundamentação teórica do estudo se deu sobretudo a partir dos referenciais da sociologia e da antropologia das religiões, das artes e da comunicação. As análises e interpretações dos dados revelam que o humor e a religião não devem ser separados ou vistos como irreconciliáveis. Também é possível, a partir das análises realizadas, perceber uma permanente tensão entre o humor e a religião institucionalizada, especialmente entre os que ainda desejam manter-se no poder dentro do campo religioso, mesmo à custa dos seus ideais e profissão de fé. O humor que torna leve um discurso, também ameaça os que não conseguem ver leveza ou naturalidade na relação com o Imanente, a Divindade. As análises revelam ainda que o humor pode ser um aliado poderoso na comunicação dos valores da espiritualidade e da religião cristã e que os que se aproveitaram dele, conseguiram arrebanhar mais fiéis, tocando a cultura brasileira com muito mais eficácia, antes até de terem tido acesso na mídia de massa.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1406826155400444por
dc.contributor.advisor1Ribeiro, Lidice Meyer Pinto
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3032640535633115por
dc.contributor.referee1Gomes, Antonio Máspoli de Araújo
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3150301525676448por
dc.contributor.referee2Cunha, Magali do Nascimento
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1968477845967720por
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/4162/5/Ruben%20Pirola%20Filho.pdf
dc.keywordschristianityeng
dc.keywordshumoreng
dc.keywordsevangelical movementeng
dc.keywordsbrazilian military dictatorshipeng
dc.keywordsreformed christianityeng


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto