Ellen White e a saúde na cosmovisão adventista

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2006-08-07
Autores
Ribeiro, Mirtes Amaral Domingos
Orientador
Viana, Márcia Serra Ribeiro
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Monteiro, Yara Nogueira
Mendes, Marcel
Programa
Ciências da Religião
Resumo
O objetivo desta pesquisa foi compreender como os estudos da saúde no Adventismo permitem aprofundamentos na identidade do ser Adventista. O objetivo geral deste trabalho foi organizar um campo de conhecimento que se refere à Igreja Adventista do Sétimo Dia, através de seu modelo de saúde que é reflexo de sua cosmovisão. Assim, o trabalho descreveu o surgimento da Igreja em meio às reformas sociais e reavivamentos religiosos americanos do século dezoito. Apresentou Ellen White, a personagem carismática aceita pelo grupo em formação e detentora do Dom da profecia, co-fundadora da Igreja e defensora de um modelo de saúde peculiar, a partir de suas declaradas visões. Discutiu, também, a saúde na cosmovisão Adventista: seus valores terapêuticos e fundamentos teológicos; comparou os modelos holístico defendido por Capra e o Adventista whiteano. Finalmente, fundamentou-se na teoria da Antropologia da Doença de François Laplantine respondendo as questões relacionadas à identidade do ser Adventista que se reconhece a partir de um conjunto de orientações relativas à saúde, que guia não só a vida prática como também religiosa dos seus seguidores. Tais orientações compõem a religiosidade Adventista, junto com os elementos eminentemente religiosos que embasam a prática cotidiana dos indivíduos. Este trabalho se constituiu por pesquisa bibliográfica, abrangendo as áreas de Saúde, Religião, História, Sociologia e Antropologia, através das quais se abordou os conceitos de saúde, doença e cosmovisão.
Descrição
Palavras-chave
adventismo , saúde , cosmovisão adventista , religião , adventism , health , adventist cosmogony , religion
Citação
RIBEIRO, Mirtes Amaral Domingos. Ellen White e a saúde na cosmovisão adventista. 2006. 143 f. Dissertação (Mestrado em Religião) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2006.