A experiência religiosa como meio para a regulação e proteção ao uso abusivo de substâncias psicoativas

Imagem de Miniatura
Tipo
Dissertação
Data
2013-08-16
Autores
Spiaze, Carlos Roberto
Orientador
Rodrigues-câmara, Cátia Cilene
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Gomes, Antônio Máspoli de Araújo
Fontes, Fatima Cristina Costa
Programa
Ciências da Religião
Resumo
Esta pesquisa tem como temática central a relação entre a religião, o uso de substâncias psicoativas e os conceitos de enfermidade e doença e busca investigar se a religião é fator de regulação e controle do consumo abusivo de substâncias psicoativas. Este trabalho demonstra que os conceitos que envolvem as temáticas estudadas são resultados de uma construção histórica e cultural, realizada pelas diversas forças atuantes na sociedade, além disto, o fenômeno que se observa hoje, quanto ao uso abusivo de substâncias psicoativas, resulta do esvaziamento de significado existencial da sociedade, que afeta tanto os seus relacionamentos interpessoais como também seus elementos culturais, dentre eles, as substâncias psicoativas. Valendo-se do método de investigação bibliográfica, este trabalho realizou uma construção teórica que aponta para uma possível ação de se tentar equacionar este problema de saúde mental, com o restabelecimento de significado dos relacionamentos e dos elementos culturais, mostrando que a religião, ainda que diversas vezes manifestada patologicamente, quando expressado pela experiência religiosa e espiritual profunda, pode significar fator de proteção ao uso abusivo destas substâncias. A condição social e simbólica que o sujeito encontra no trato religioso possibilitará um ambiente mais adequado ao ser humano, que é um ser simbólico e que necessita de significados para um desenvolvimento saudável de todos os seus aspectos.
Descrição
Palavras-chave
religião , espiritualidade , uso de substâncias psicoativas , saúde mental , religion , spirituality , psychoactive substance use , mental health
Citação
SPIAZE, Carlos Roberto. Religious experience as a means to regulate the use and protection abuse of psychoactive substances. 2013. 109 f. Dissertação (Mestrado em Religião) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.