Show simple item record

dc.creatorFernandes, Susi Mary de Souza
dc.date.accessioned2017-09-26T13:16:07Z
dc.date.accessioned2020-05-28T18:09:22Z
dc.date.available2020-05-28T18:09:22Z
dc.date.issued2017-08-01
dc.identifier.citationFERNANDES, Susi Mary de Souza. Tradução, adaptação cultural e análise da confiabilidade da versão brasileira do questionário de reabilitação para o trabalho: WORQ. 2017. 125 f. Tese (Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/24553
dc.description.abstractThe impact of disabilities is an important question in the work disabilities area. The functional capacities of a person with disabilities must be understood and inclusion mechanisms must be created in the attempt of perfecting performances and insuring egalitarian functions. The Work Rehabilitation Questionnaire (WORQ) is an instrument based on the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) which proposes to evaluate the functionality in people with disabilities working or in vocational rehabilitation, however, it is not validated in Brazil. This study goal is to translate, and do the cross-cultural adaptation of the versions by interviews and self-report of The Work Rehabilitation Questionnaire (WORQ) and analyze the reliability of the version applied by interviews with the disabled workers inserted in the workplace by the Brazilian Inclusion Law. The translation and cross-cultural adaptation follow the international recommendations: translation, synthesis of the translations, and back-translation of the synthesis, analysis by the experts committee, pre-test, back-translation and pilot test. The analysis stage engaged 05 judges and the pre-test 14 possible users. The agreement rate was smaller than 90% only in the idiomatic equivalence that resulted in small modifications which did not changed the construct of the instrument. To test the reliability it was verified the stability (test-retest), equivalence (inter-observers) and the internal consistency with 34 disabled person, mean age of 40,3 (SD±4,2) years old, both sexes, employees of an educational institution in São Paulo that fit in by the Brazilian Inclusion Law (8.213/91), by a mean period 10,3 (SD ±7,8) years. The participants were evaluated in two moments. The first one evaluated the internal consistency, the values from α of Cronbach were bigger than 80% in every domain and bigger than 90% for the total score. Fifteen days after the first research 20 disabled person chosen by randomly were reevaluated to analyze the stability and equivalence. The coefficient of correlation intra class (ICC) to stability was 82, 5% (p=0,008) e for equivalency was 95,4% (p<0,001). This study provides an instrument with great reliability, capable of answering to the domains of ICF and facilitating the inclusion and remanence of the person with disability in the job market.eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
dc.subjectavaliação da deficiência.por
dc.subjectclassificação internacional de funcionalidade.por
dc.subjectincapacidade e saúde (CIF).por
dc.subjectsaúde do trabalhador.por
dc.subjectcomparação transcultural.por
dc.subjectreprodutibilidade dos testes.por
dc.titleTradução, adaptação cultural e análise da confiabilidade da versão brasileira do questionário de reabilitação para o trabalho: WORQpor
dc.typeTesepor
dc.publisher.departmentCentro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)por
dc.publisher.programDistúrbios do Desenvolvimentopor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor
dc.description.resumoO impacto da deficiência é uma questão importante na área de incapacidade para o trabalho. A capacidade funcional da pessoa com deficiência (PcD) deve ser compreendida e mecanismos de inclusão devem ser criados na tentativa de aperfeiçoar o desempenho e garantir funções igualitárias. O Work Rehabilitation Questionnaire (WORQ) é um instrumento baseado na Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) que propõe avaliar a funcionalidade em PcD trabalhando ou em reabilitação profissional, porém não está validado para o Brasil. O objetivo deste estudo foi realizar a tradução e adaptação cultural das versões por entrevista e auto relato do Questionário para Reabilitação no Trabalho (WORQ) e analisar a confiabilidade da versão aplicada por entrevista com trabalhadores deficientes inseridos no mercado de trabalho pela lei de cotas. A tradução e adaptação cultural seguiram as recomendações internacionais: tradução, síntese das duas traduções, retrotradução da síntese, análise comitê de juízes experts, pré-teste, retrotradução e teste piloto. Na etapa de análise participaram 05 juízes e no pré-teste 14 possíveis usuários. A taxa de concordância foi menor que 90% apenas na equivalência idiomática que resultou em pequenas modificações que não alteraram o construto do instrumento. Para testar a confiabilidade foi verificado a estabilidade (teste-reteste), equivalência (inter-observadores) e a consistência interna em 34 PcD, idade média de 40,3 (DP±4,2) anos, ambos os sexos, funcionários de uma instituição de ensino da cidade de São Paulo enquadrados pela lei de cotas (8.213/91), por um período médio 10,3 (DP±7,8) anos. Os participantes foram avaliados em dois momentos. O primeiro para avaliar a consistência interna, os valores de α de Cronbach foram superiores a 80% em todos os domínios e maior que 90% para o escore total. Foram reavaliados 15 dias após a primeira avaliação 20 PcD, escolhidos por sorteio, para análise de estabilidade e equivalência. O coeficiente de correlação intra classe (ICC) para estabilidade foi de 82,5% (p=0,008) e para equivalência foi de 95,4% (p<0,001). Este estudo disponibiliza um instrumento com ótima confiabilidade capaz de responder aos domínios da CIF e facilitar a inclusão e a permanência da pessoa com deficiência no mercado de trabalho.por
dc.contributor.advisor-co1D'Antino, Maria Eloísa Famá
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5542928514968820por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1297612291168621por
dc.contributor.advisor1Assis, Silvana Maria Blascovi de
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6553900966729412por
dc.contributor.referee1Seabra, Alessandra Gotuzo
dc.contributor.referee2Carreiro, Luiz Renato Rodrigues
dc.contributor.referee3Buchalla, Cássia Maria
dc.contributor.referee4Monteiro, Carlos Bandeira de Mello
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/14989/Susi%20Mary%20Fernandes.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3345/5/Susi%20Mary%20Fernandes.pdf
dc.keywordsdisability evaluationeng
dc.keywordsInternational classification of functioningeng
dc.keywordsdisability and health (ICF)eng
dc.keywordsoccupational healtheng
dc.keywordscross-cultural comparisoneng
dc.keywordsreproducibility of resultseng


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto