Show simple item record

dc.creatorOno, Arnaldo Turuopt_BR
dc.date.accessioned2016-03-15T19:26:22Z
dc.date.accessioned2020-05-28T18:04:05Z
dc.date.available2007-08-02pt_BR
dc.date.available2020-05-28T18:04:05Z
dc.date.issued2006-03-14pt_BR
dc.identifier.citationONO, Arnaldo Turuo. Teoria de liderança do caminho-meta: um estudo em busca de evidências na realidade brasileira. 2006. 205 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2006.por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/23477
dc.description.abstractHouse s (1971) Path-Goal Theory of Leadership, in spite of the fact that has being largely diffused mainly in USA; in Brazil, however, there is no organizational leadership researches concerning this theory. From that, a scientific investigation with the objective of testing subjacent hypotheses of House s theory was developed. Firstly, a quantitative research was done, with 226 workers, from a Brazilian auto parts company, the majority acting directly at the assembly line. A self-answered questionnaire was applied, in order to apprehend all variables of House s model. Correlation and hierarchical regression analysis were utilized to treat the data. The results demonstrated that none of the relations showed moderation effects and, only strait relations were observed, for instance, the performance variable and directive leader behavior and achievement oriented leader behavior. Subsequently, in order to deeply understand the gotten results, a qualitative research was developed. The data were obtained through deep interviews with 7 individuals of the same company at different hierarchical levels. Those data were analyzed under the light of thematic categorical content analysis technique. A content analysis was utilized to assess the qualitative data analysis. Cultural traits were identified as for instance, paternalism, spectator posture. From the analysis result of the two researches, could conclude that the Brazilian cultural traits would influence the leadership processes, in a way that leaders wouldn t show contingencial characteristics, differently of House s (1971) affirmation. Inferring, therefore, new researches must be done concerning the Brazilian cultural traits in order to validate Houses s theory in the Brazilian organizations context.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectliderançapor
dc.subjectliderança contingencialpor
dc.subjectteoria de liderança do caminho-metapor
dc.subjectleadershipeng
dc.subjectcontingency leadershipeng
dc.subjectpath-goal theory of leadershipeng
dc.titleTeoria de liderança do caminho-meta: um estudo em busca de evidências na realidade brasileirapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.publisher.departmentAdministraçãopor
dc.publisher.programAdministração de Empresaspor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESASpor
dc.description.resumoA teoria do caminho-meta de House (1971), embora tenha sido bastante difundida principalmente nos EUA, no Brasil, não se encontrou pesquisas em liderança organizacional considerando a teoria. Dessa forma, desenvolveu-se uma investigação científica com a finalidade de testar as hipóteses subjacentes à teoria de House. Inicialmente, foi realizada uma pesquisa quantitativa, com uma amostra de 226 respondentes trabalhadores de uma empresa brasileira do setor de autopeças, a maioria atuando diretamente na linha de produção. Foi aplicado um questionário autopreenchível, para apreender todas as variáveis do modelo de House. Análises de correlação e regressão hierárquica foram utilizadas para tratar os dados. Os resultados obtidos demonstraram que nenhuma relação apresentou efeitos de moderação e, somente, relações diretas foram identificadas, como por exemplo, a variável desempenho e o comportamento diretivo do líder e o comportamento orientado para o resultado do líder. Posteriormente, visando compreender mais profundamente os resultados obtidos, desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas em profundidade com 7 sujeitos pertencentes à mesma empresa em diferentes posições hierárquicas. Esses dados foram analisados à luz da técnica de análise de conteúdo do tipo categórica temática. Para a análise dos dados qualitativos utilizou-se a técnica de análise de conteúdo. Foram identificados traços culturais, como por exemplo, o paternalismo e a postura de espectador. A partir da análise dos resultados das duas pesquisas, pode-se concluir que os traços culturais brasileiros poderiam influenciar os processos de liderança, fazendo com que os líderes não apresentem características contingenciais, diferentemente do que afirma House (1971), infere-se, portanto, que novas pesquisas devam ser realizadas considerando os traços culturais brasileiros visando validar a teoria de House para o contexto das organizações brasileiras.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8122362076362954por
dc.contributor.advisor1Hanashiro, Darcy Mitiko Moript_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8193396073610884por
dc.contributor.referee1Bido, Diógenes de Souzapt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7757562071320086por
dc.contributor.referee2Dutra, Joel Souzapt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1179626018164839por
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/2818/Arnaldo%20Turuo%20Ono.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/648/1/Arnaldo%20Turuo%20Ono.pdf


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record