Show simple item record

dc.contributor.advisorTrubilhano, Fábio de Souza
dc.contributor.authorAquino, Núbia Silva de
dc.date.accessioned2019-09-24T14:32:39Z
dc.date.available2019-09-24T14:32:39Z
dc.date.issued2019-06-14
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/20125
dc.description.abstractO trabalho consiste em apresentar uma breve discussão histórica e verificar a aplicabilidade da teoria da perda de uma chance no contexto atual do Direito Civil. Essa discussão deve ser feita de modo que se resguarde por conceitos que devem antecipar, até mesmo de forma temporal, quanto se há ou não o dever de indenizar a pessoa que, em tese e após respostas de clássicos pontos, perdeu a oportunidade de conseguir alcançar o escopo desejado no início. Após conceituar os danos, a análise feita é se o fato ocorrido pode ser enquadrado nos danos ora apresentados ou se realmente ocorreu uma perda de uma chance, e não um lucros cessantes, por exemplo. Quanto a aplicabilidade, existem empasses no Brasil e no mundo quanto os campos em que aceitação da teoria é maior do que em outros. Por exemplo, quando fala-se de responsabilidade do médico e da perda de uma chance do paciente quanto a expectativa de um resultado ou a responsabilidade do advogado e do cliente quanto a possível negligência que resultou a perda do mérito discutido.
dc.formatTexto
dc.languagept_BR
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenzie
dc.subjectresponsabilidade civil
dc.subjecttipos de danos
dc.subjectperda de uma chance
dc.subjectaplicabilidade
dc.titlePerda de uma chance no âmbito da responsabilidade civil
dc.typeTCC
dc.contributor.refereesGurgel, Fernanda Pessanha do Amaral
dc.contributor.refereesGrampa, Victor Henrique
local.publisher.countryBrasil
local.publisher.departmentFaculdade de Direito (FD)
local.publisher.initialsUPM


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record