Margens urbanas : interação entre o Rio Pinheiros e a cidade. Uma busca pela retomada do convívio dos paulistanos com suas fontes naturais.

Imagem de Miniatura
Tipo
TCC
Data
2018-12
Autores
Correia, Bárbara Pedroza
Orientador
Marcondes, Flavio
Fonseca, Antonio Claudio da
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Programa
Resumo
O objetivo deste trabalho é compreender quais motivos se deram para a cidade não reconhecer seus rios e propor uma hipótese de projeto que auxilie na mitigação deste cenário degradante que encontramos. Para isso, este trabalho se divide em quadro partes: Inicialmente é apresentado um estudo realizado sobre a geomorfologia da cidade de São Paulo, buscando entender o porquê ela foi fisicamente remodelada, como se deu seu desenvolvimento e para onde foram as vastas áreas de rios. Em seguida, há uma análise voltada ao Rio Pinheiros, a qual é um dos objetos principais abordados, apresentando suas transformações até os dias atuais, apontando as consequências das decisões tomadas ao longo do tempo. Com estas informações foi possível propor hipóteses que pudessem auxiliar na melhoria desta situação, em que a cidade nega seus recursos naturais e as pessoas não têm mais nenhuma ligação com seus rios. Nesta etapa é apresentado estudos de caso que foram usados como referências projetuais e, em sequência, a proposta para uma área de aproximadamente 60.000 metros quadrados, localizado em Santo Amaro. Neste momento é exibido todas as diretrizes que foram utilizadas para a transformação de um área subutilizada em um espaço público, convidativo e benéfico para a cidade. Por fim, há uma discussão sobre a importância da conscientização das pessoas quanto este assunto, para que seja possível revitalizar a cidade de maneira que as próximas gerações não continuem cometendo as mesmas falhas.
The aim of this study is to understand which were the motives for the city not recognize its rivers and to propose a project hypothesis that assists in the mitigation of this degrading scenary that is found. To that end, this study has four parts: Initially is presented a study about the geomorphology of the city of São Paulo, seeking to understand why it was physically remodeled, how it developed and where the vast river area went. There is also an analysis of the Pinheiros river, which is one of the main subjects, presenting its transformations until the present day, pointing the consequences of the decisions made over the years. With these informations, it was possible to propose hypotheses that could help improve this situation, which the city denies its natural resources and the population doesn’t have any connection with the rivers. At this stage it is presented studies that were used as design references and, following that, the proposal for a approximately 60.000 square meters, located on Santo Amaro. Then, it’s exibited all the guidelines of the transformation of an underused area to an invitive, beneficial public space for the city. Finally, there is a discussion about the importance of the people’s awareness to this matter, to be possible to revitalize the city in a way that the next generations will not commit the same mistakes.
Descrição
Palavras-chave
arquitetura , geomorfologia , São Paulo
Citação