Neuroaccounting: modelando a tomada de decisão em ambientes contábeis.

Imagem de Miniatura
Tipo
Projeto de Pesquisa
Data
2011-09-01
Autores
Cesar, Ana Maria R Valentini C
Orientador
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Membros da banca
Programa
Resumo
Este estudo de insere dentro da linha de pesquisa denominada Neuroaccounting: Temas de Psicologia Cognitiva e de Neurociência aplicados à análise do processo de tomada de decisão , em desenvolvimento no NECO Núcleo de Estudos em Controladoria, na vertente denominada 1. Neuroaccounting: modelando a tomada de decisão em ambientes contábeis cujo objetivo é: compreender como os achados em neurociência podem ser aplicados à modelagem do processo de tomada de decisão relacionado à área de Contabilidade. Este projeto, de natureza interdisciplinar, envolveu três etapas distintas de pesquisa, cumpridas de maneira sequencial, conforme se expõe a seguir. As etapas 1 e 2 deram continuidade a estudos já feitos, ampliando-se o escopo da pesquisa de modo a se buscar confirmação empírica do modelo teórico adotado. A etapa 3, de natureza experimental, foi totalmente desenvolvida dentro deste projeto e buscou avançar na compreensão de aspectos relacionados à decisão que não podem ser captados utilizando-se instrumentos de auto-declaração de comportamentos adotados, caso das entrevistas e dos questionários usados nas etapas anteriores da pesquisa. Os objetivos geral e específicos do projeto foram: objetivo geral: Propor e testar um modelo para tomada de decisão relacionada ao estabelecimento de metas orçamentárias que considere as contribuições da Psicologia Cognitiva e da Neurociência e que possa ser aplicado no desenvolvimento de sistemas de informação e de controle gerencial em ambientes contábeis. Objetivos específicos: 1. Compreender como se dá o processo de tomada de decisão relacionado ao estabelecimento de metas orçamentárias, tomando-se como base o modelo teórico proposto para o estudo; 2. Confirmar a existência, na prática, do modelo teórico proposto para análise do processo de tomada de decisão relacionada ao estabelecimento de níveis de metas orçamentárias, testando-se a sua significância estatística; 3. Testar empiricamente uma situação de decisão (um jogo) baseada no modelo teórico proposto, buscando identificar padrões de atividade elétrica relacionados ao processamento cognitivo envolvido numa situação de decisão onde a resposta é aprendida por condicionamento e que envolve mecanismos de memória implícita.
Descrição
Palavras-chave
neuroaccounting , tomada de decisão , metas orçamentárias
Citação