Show simple item record

dc.creatorDamiani, Vitor
dc.date.accessioned2016-12-13T17:44:22Z
dc.date.accessioned2020-05-28T18:11:23Z
dc.date.available2020-05-28T18:11:23Z
dc.date.issued2016-04-06
dc.identifier.citationDAMIANI, Vitor. Fotografia 2D e 3D : imagens da interdisciplinaridade entre arte e ciência. 2016. 97 f. Dissertação (Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/24970
dc.description.abstractThe history of photography is permeated with technological breakthroughs that enabled the development of concepts in different areas and wide artistic expression. In this work, the photography is used as a conversion method from 2D images to 3D digital models that are subject to interventions and manipulations in order to produce an artistic object. The aforementioned method already exists, but another aspect of photography has important value here: the description of the movement through images and its many forms of representation (such as a trail, blur or absence of matter). A question arose: could such a blur be inherited from the bidimensionality of the long exposure photography into a real, touchable object? What are the media-related implications and how could the artist use this methodology to his visual expression? By using concepts of chronophotography, cubist glimpses, cinematic techniques like stop-motion and new technologies, we explore the transposition from image-related aspects into real tridimensional representations, with the use of 3D printing. The results of this work are artistic objects that represent the materialization of the movement in the photography into a real object. Nevertheless, the possibilities go beyond: graduated transparency and large-scale 3D prints, production of non-human forms and customized motion capture as the objects’ motion source. Therefore, the knowledge produced brings contributions that can be used in other researches: the applied methodology can be re-used (as well as for other purposes) in various areas of knowledge, both for artistic creations and scientific applications.eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
dc.subjectfotografiapor
dc.subjectartepor
dc.subjectfotogrametriapor
dc.subjectcronofotografiapor
dc.subjectescaneamento 3Dpor
dc.subjectimpressão 3Dpor
dc.titleFotografia 2D e 3D : imagens da interdisciplinaridade entre arte e ciênciapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.publisher.departmentCentro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)por
dc.publisher.programEducação, Arte e História da Culturapor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTESpor
dc.subject.cnpqCNPQ::OUTROSpor
dc.description.resumoA história da fotografia está permeada de (r)evoluções tecnológicas que possibilitaram o desenvolvimento de conceitos em diversas áreas e ampla expressão artística. Nesta pesquisa, propomos a utilização da fotografia como método de conversão de imagens 2D em objetos 3D digitais, passíveis de manipulação e intervenções, para a produção de objeto artístico. Esse processo de criação digital já existe como metodologia, mas outro aspecto tem importante valor aqui: a descrição do movimento através da imagem, e suas diversas formas de representação (como rastro, borrão ou mesmo ausência de matéria). Perguntamos: poderia tal borrão, presente na bidimensionalidade da fotografia em longa exposição de um objeto em movimento, ser representado como um objeto real, palpável? Quais as implicações midiáticas e como o artista poderia utilizar tal metodologia para sua expressão visual? Utilizando conceitos da cronofotografia, vislumbres cubistas, técnicas cinematográficas de stopmotion e novas tecnologias, exploramos a transposição de aspectos da imagem em representações tridimensionais reais, com o uso de impressão 3D como recurso para solidificação dos modelos. Este trabalho teve como fruto um objeto artístico, a partir da materialização de movimentos na forma de um objeto real. Mas as possibilidades vão além: impressões 3D com transparências, objetos em grande escala, produção de formas não-humanas, captura de movimentos para aplicação nos objetos escaneados. Portanto, o conhecimento produzido traz contribuições que podem ser utilizadas em outras pesquisas: a metodologia que elaboramos pode ser reutilizada (inclusive com outras finalidades) em diversas áreas de conhecimento, tanto para criações artísticas quanto para aplicações científicas.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2051250341441330por
dc.contributor.advisor1Rizolli, Marcos
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4808339542698874por
dc.contributor.referee1Mello, Regina Lara Silveira
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0439114372762829por
dc.contributor.referee2Almeida, Sullivan Bernardo de
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0608071372705899por
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/12039/Vitor%20Damiani.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2940/5/Vitor%20Damiani.pdf
dc.keywordsphotographyeng
dc.keywordsphotogrammetryeng
dc.keywordschronophotographyeng
dc.keywords3D scaneng
dc.keywords3D printingeng


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto