Show simple item record

dc.creatorMoura, Marina dept_BR
dc.date.accessioned2016-03-15T19:44:10Z
dc.date.accessioned2020-05-28T18:09:45Z
dc.date.available2013-12-14pt_BR
dc.date.available2020-05-28T18:09:45Z
dc.date.issued2012-09-13pt_BR
dc.identifier.citationMOURA, Marina de. A educação de crianças na Revista Infância. 2012. 150 f. Tese (Doutorado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2012.por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/24585
dc.description.abstractThis study aims to analyze the ideas on education of children in Revista Infancia. This magazine was published between the years 1935 and 1937 by Cruzada Pró-Infância, in São Paulo. During the three years 18 issues of the magazine were published, all these make up the material studied. The founders of Cruzada Pró-Infância were ladies of the Paulista elite led by Pearl Byington and Maria Antonieta de Castro. To perform the analysis of this material was used descriptive analytic method. It was found that the published material is in the area of non-formal education and three categories of analysis were created, namely, Education for Citizenship, Education for Society and Health Education. Health Education was the main topic discussed in magazine, which can be attributed to the fact that the medical hygienist permeated the 1920s and 1930s in Brazil and especially in São Paulo. Among these themes stand out hygiene, childcare and infant feeding. Regarding other categories - Education for Citizenship, Education for Society - the emphasis was the importance of education for the country's future and the roles to be played by individuals in society, reinforcing the thesis of a nationalist discourse. The analysis of the items included in each category revealed that the texts were published in the journal Infancia were a portrait of paulistana society of the time and reflected the concerns present in children's education.eng
dc.description.sponsorshipFundo Mackenzie de Pesquisapt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectRevista Infânciapor
dc.subjecteducação de criançaspor
dc.subjecteducação para a cidadaniapor
dc.subjecteducação para a sociedadepor
dc.subjecteducação para a saúdepor
dc.subjectMagazine Childhoodeng
dc.subjecteducation of childreneng
dc.subjecteducation for citizenshipeng
dc.subjecteducation society, education for healtheng
dc.titleA educação de crianças na Revista Infânciapor
dc.typeTesepor
dc.publisher.departmentEducação, Arte e Históriapor
dc.publisher.programEducação, Arte e História da Culturapor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.description.resumoO presente trabalho tem como objetivo analisar as ideias sobre educação de crianças na Revista Infância. Tal revista foi publicada entre os anos de 1935 e 1937 pela Cruzada Pró-Infância, na cidade de São Paulo. Durante os três anos foram publicados 18 números da revista, todos estes compõem o material estudado. As fundadoras da Cruzada Pró-Infância foram senhoras da elite paulistana lideradas por Pérola Byington e Maria Antonieta de Castro. Para realizar a análise de tal material foi utilizado o método descritivo analítico. Verificou-se que o material publicado encontra-se na área da educação não formal e três categorias de análise foram criadas, a saber, Educação para Cidadania, Educação para Sociedade e Educação para Saúde. A Educação para a Saúde foi o principal tema abordado na revista, o que pode ser atribuído ao fato de que o discurso médico higienista permeou as décadas de 1920 e 1930 no Brasil e especialmente na cidade de São Paulo. Dentre esses temas destacam-se hábitos de higiene, puericultura e alimentação infantil. Com relação às outras categorias - Educação para Cidadania, Educação Para Sociedade - a ênfase foi a importância da educação para o futuro do país e os papéis a serem desempenhados pelos indivíduos na sociedade, reforçando a tese de um discurso nacionalista. A análise dos artigos incluídos em cada uma das categorias revelou que os textos publicados na revista Infância eram um retrato da sociedade paulistana da época e refletiam as preocupações presentes na educação das crianças.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1563817430330178por
dc.contributor.advisor1Tancredi, Regina Maria Simões Puccinellipt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7581179241493847por
dc.contributor.referee1Ambrogi, Ingrid Höttept_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6330995631263989por
dc.contributor.referee2Mizukami, Maria da Graça Nicolettipt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/2121396261196481por
dc.contributor.referee3Rocha, Heloísa Helena Pimentapt_BR
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/9990513381571092por
dc.contributor.referee4Lima, Luís Antônio Gomes dept_BR
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/6033632499538155por
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/3659/Marina%20de%20Moura.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2070/1/Marina%20de%20Moura.pdf


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record