Show simple item record

dc.creatorFragoso, Analice Oliveira
dc.date.accessioned2019-05-30T18:34:18Z
dc.date.accessioned2020-05-28T18:09:25Z
dc.date.available2020-05-28T18:09:25Z
dc.date.issued2019-02-14
dc.identifier.citationFRAGOSO, Analice Oliveira. Desempenho cognitivo e impacto da alfabetização fônica no contexto de educação de jovens e adultos na cidade de São Paulo. 2019. 136 f. Tese (Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2019.por
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/24569
dc.description.abstractNeuropsychological studies are important to verify the influence of literacy and schooling on cognitive development, in order to understand, for example, the difficulties encountered by adults ex-illiterate, as well as to identify more effective intervention methods. However, such emphasis has not occurred at the national level. The present research has the objective: 1) to relate the cognitive performance of youth and adult education students to the literacy age; 2) to relate the cognitive performance of young and adult education students to school progression; and 3) adapt the phonic method for adults and verify the effect of phonic literacy as a method to promote reading and writing for this audience. 200 students of both sexes, aged between 18 and 75 (M = 47, 10 years, DP = 12, 20), participated in the series of Elementary School I and II of a school in São Paulo. The instrument used for intelligence evaluation was the Wechsler Abridged Intelligence Scale (WAIS); attention was assessed by the Cancellation Attention Test (TAC); the executive functions, by the Test of Trails for Preschoolers (TT-PE); the oral language, through the proof of phonological awareness by oral production (PCFO) and the Peabody Image Vocabulary Test (TVIP); the written language, through the Reading Test of Words and Pseudowords (TCLPP) and Dictation (DT); the evaluation of mathematical skills was done with the Arithmetic Test (PA); and visuospatial processing and visual memory, by means of the King Complex Figures (REY). In the first part of the study, all students were evaluated in these instruments. Analyzes were carried out comparing means, through the t-Test, between two groups: literate group at regular age (GAIR) and ex-illiterate (GAIT). The results in each of the applied tests were used as measurements. There was no significant group effect, indicating that the age at the beginning of literacy did not seem to have influenced the results in these measures, taking into account objective 1. In order to meet objective 2, comparative analyzes of means were conducted, through Variance Analysis, between the series in each of the applied tests. There were significant effects in most measures, pointing out that the greater the number of years studied, the better the cognitive performance tends to be in different tasks. In the second part of the study, intervention was conducted with the phonic method adapted for students of the experimental group (GE), while those in the control group (GC) continued with regular literacy. In order to meet objective 3, Student's t-test was conducted, taking as factors the group (GE and GC). As a measure, the delta was used (post-intervention measure minus pre-intervention measure). The results did not show significant effects on the TAC; TT-PE, part A; TVIP, PA and REY, which was expected given the specificity of the intervention. However, in almost all measures in phonological awareness and in almost all of writing, the GE presented greater gains after the intervention. In reading assessment (TCLPP) there was no significant effect in any measure, however, it was clear the change in reading strategy used by the GE, with more phonological reading after the intervention. The study made it possible to analyze effects of literacy and grade age, as well as to adapt an effective literacy tool initially developed for children to the youth and adult audience, demonstrating its effects on the promotion of written language for this public, contributing in a unprecedentedly in Brazil, to the dialogue between neuropsychology and the education of youth and adults.eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
dc.subjectEJApor
dc.subjectanalfabetismopor
dc.subjectneuropsicologiapor
dc.titleDesempenho cognitivo e impacto da alfabetização fônica no contexto de educação de jovens e adultos na cidade de São Paulo.por
dc.typeTesepor
dc.publisher.departmentCentro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS)por
dc.publisher.programDistúrbios do Desenvolvimentopor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA COGNITIVApor
dc.description.resumoEstudos em neuropsicologia são importantes para se verificar a influência da alfabetização e da escolarização no desenvolvimento cognitivo, para compreender, por exemplo, as dificuldades encontradas por adultos em fase de alfabetização tardia, bem como identificar métodos de intervenção mais eficazes. Porém, tal ênfase não tem ocorrido no âmbito nacional. A presente pesquisa objetiva: 1) relacionar o desempenho cognitivo de alunos de Educação de Jovens e Adultos à idade em que foram alfabetizados; 2) relacionar o desempenho cognitivo de alunos de Educação de Jovens e Adultos à progressão escolar; 3) adaptar o método fônico para alunos e verificar o efeito da alfabetização fônica como método para promover leitura e escrita para esse público. Participaram 200 alunos, de ambos os sexos, com idade entre 18 e 75 anos (idade média = 47,10 anos, DP= 12,20), das séries do Ensino Fundamental I e II de uma escola em São Paulo. O instrumento utilizado para avaliação da inteligência foi a escala de Wechsler Abreviada de Inteligência (WASI); a atenção foi avaliada pelo Teste de Atenção por Cancelamento (TAC); as funções executivas, pelo Teste de Trilhas para Pré-Escolares (TI-PE); a linguagem oral, por meio da prova de consciência fonológica por produção oral (PCFO) e do Teste de Vocabulário por imagem Peabody (TVIP); a linguagem escrita, pelo Teste de Leitura de Palavras e Pseudopalavras (TCLPP) e Ditado (DT); a avaliação das habilidades matemáticas foi feita com a Prova de Aritmética (PA); e o processamento visuoespacial e memória visual, por meio das Figuras Complexas de Rey. Na primeira parte do estudo, todos os alunos foram avaliados nesses instrumentos. Conduziram-se análises de comparação de médias, por meio de Análise Variância, entre dois grupos, a saber: grupo alfabetizado em idade regular (GAIR) e grupo de alfabetizado em idade tardia (GAIT). Foram usadas como medidas os resultados em cada um dos testes aplicados. Não houve efeito significativo de grupo, indicando que a idade no início da alfabetização não parece ter influenciado os resultados nessas medidas, atendendo ao objetivo 1. Para atender ao objetivo 2, foram conduzidas análises de comparação de médias, por meio de Análise de Variância, entre as séries em cada um dos testes aplicados. Houve efeitos significativos na maioria das medidas, por meio de Análise de Variância, entre as séries em cada um dos testes aplicados. Houve efeitos significativos na maioria das medidas, apontando que, quanto maior o número de anos estudados, melhor tende a ser o desempenho cognitivo em diferentes tarefas. Na segunda parte do estudo, foi concluída intervenção com o método fônico adaptado para os alunos do grupo experimental (GE), enquanto os do grupo controle (GC) continuaram com a alfabetização regular. Para atender ao objetivo 3, foram conduzidos teste t de Student , tendo como fatores o grupo (GE e GC). Como medida, usou-se o delta (medida pós-intervenção menos medida pré-intervenção). Os resultados não apresentaram efeitos significativos nas medidas TAC, TT-PE parte A, TVIP, PA e Rey, o que era esperado dada a especificidade da intervenção. Contudo, em quase todas as medidas em consciência fonológica e em quase todas as escritas, o GE apresentou maiores ganhos após a intervenção. Na avaliação de leitura (TCLPP), não houve efeito significativo em nenhuma medida, porém ficou clara a mudança de estratégia de leitura usada pelo GE, com leitura mais fonológica após a intervenção. O estudo possibilitou analisar efeitos de idade de alfabetização e de série, bem como adaptar um instrumento eficaz de alfabetização, inicialmente desenvolvido para crianças, para o público de jovens e adultos, demonstrando seus efeitos na promoção da linguagem escrita para esse público, contribuindo de forma inédita, no Brasil, para o diálogo entre a neuropsicologia e a educação de jovens e adultos.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7782463171842101por
dc.contributor.advisor1Capovilla, Alessandra Gotuzo Seabra
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7828325860191703por
dc.contributor.referee1Amaro, Alexandre Slowetzky
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8178728027090557por
dc.contributor.referee2Almeida, Cleverson Pereira de
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/2672994469944331por
dc.contributor.referee3Trevisan, Bruna
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/7352958048754654por
dc.contributor.referee4Dias, Natália Martins
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/4732077027196795por
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/18824/Analice%20Fragoso.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3919/5/Analice%20Fragoso.pdf
dc.keywordsEJAeng
dc.keywordsilliteracyeng
dc.keywordsneuropsychologyeng


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto