Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/20261
Tipo do documento: Dissertação
Título: Into the woods: uma releitura de contos de fadas
Autor: Yamaguti, Natália Aymi
Primeiro orientador: Pereira, Helena Bonito Couto
Primeiro membro da banca: Corrêa, Lilian Cristina
Segundo membro da banca: Dimitrov, Luciana Duenha
Resumo: As versões dos contos de fadas que a grande maioria das pessoas conhecem são diferentes daquelas que há alguns séculos eram contadas oralmente. Histórias que se originaram dessa forma não são as mesmas que temos, atualmente, acesso em livros, por mais antigos que sejam, porém são as mais próximas existentes das originais. As releituras mais populares dos contos clássicos são as produzidas pelos Estúdios Walt Disney como: Branca de neve e os sete anões (1937), Cinderela (1950) e A bela adormecida (1959). Outras versões dos contos clássicos, como as que encontramos nas obras dos irmãos Grimm e de Charles Perrault são muito mais sombrias que as feitas pelos Estúdios Walt Disney. E atualmente não há apenas narrativas de tais contos com foco no público infantil. Uma das recriações disponíveis é a peça musical intitulada Into the woods, voltada para o público adulto, e que envolve quatro contos de fadas: "Chapeuzinho Vermelho" (1812-1822), "Cinderela" (1812-1822), "Rapunzel" (1812-1822) e "João e o pé de feijão" (1812-1822). Esta dissertação estuda componentes da peça, como os contos de fadas clássicos dos irmãos Grimm e algumas obras contemporâneas audiovisuais como Once upon a time e Enrolados. Fundamenta-se na teoria sobre adaptação de Linda Hutcheon para efetuar a comparação entre os contos, a peça e outras releituras.
Abstract: The fairy tales versions that most people know are different from those orally told some centuries ago. Stories that have oral origins are not the same ones we have access to nowadays by books, as old as they might be, but they are the closest versions to the original stories. Many rereadings and recreations arose based on Charles Perrault's and brothers Grimm's fairy tales versions. The most popular versions are the ones produced by Walt Disney Studios as: Snow White and the seven dwarfs (1937), Cinderella (1950) and Sleeping Beauty (1959). Other classic tales versions as the ones found in books by brothers Grimm and Perrault are way darker than the ones made by Walt Disney Studios. There are not only childish rereadings of such tales nowadays. One of these rereadings is a play called Into the woods, made for adults, and that envolves four fairy tales: "Little Red Riding Hood" (1812-1822), "Cinderella" (1812-1822), "Rapunzel" (1812-1822) and "Jack and the beanstalk" (1812-1822). This master's dissertation studies elements of the play, as well as classic fairy tales from brothers Grimm and some audiovisual contemporary works like Once upon a time and Tangled. We found the theory on adaptation theory from Linda Hutcheon to perform a comparison between the tales, the play and other rereadings.
Palavras-chave: contos de fadas;  into the woods;  caminhos da floresta;  adaptação;  musical
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: YAMAGUTI, Natália Aymi. Into the woods: uma releitura de contos de fadas. 2018. 107 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3914
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/20261
Data de defesa: 12-Fev-2019
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3914/5/Nat%C3%A1lia%20Aymi%20Yamaguti.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons