Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/20249
Tipo do documento: Dissertação
Título: O pioneiro Cornélio Pires do regional ao nacional
Autor: Ribeiro, Matheus Henrique Pinheiro
Primeiro orientador: Schwartz, Rosana Maria Pires Barbato
Primeiro membro da banca: Souza Neto, João Clemente de
Segundo membro da banca: Pederiva, Ana Bárbara Aparecida
Resumo: Por meio do estudo da trajetória de Cornélio Pires, esta pesquisa trata da construção do caipira paulista e de sua sonoridade, divulgada e difundida durante a vida do jornalista e contista. Os estudos biográficos, foram compreendidos pela História Cultural como uma das formas de escrever a história. Incorpora fontes, registros de trajetórias de vida, documentos verbais e não-verbais, salvaguardados em arquivos de família ou em acervos e museus (se o personagem representou relevância cultural, social, política ou histórica para a sociedade). Em se tratando da complexidade dos estudos biográficos, optou-se pelo recorte, trajetória. A preservação da memória de algo ou de alguém está ligada às relações de poder e significados e representações sociais. O caipira de Cornélio Pires se intersecciona com os interesses das elites paulistas e dos modernistas, no início do século XX, em construir o imaginário social de São Paulo moderna e progressista, em oposição ao caipira cadinho, rústico e arcaico representado até então pela literatura. As balizas teórico-metodológicas que sustentam esta pesquisa, percorrem as proposições de Jacques Le Goff, sobre o rigor metodológico em análise de documentos e produção de história de trajetórias, Antonio Candido e Mario de Andrade sobre a construção do caipira paulista sabido (Cornélio) em oposição ao caipira Jeca (Monteiro Lobato). O corpus documental investigado, foram os registros salvaguardados nos acervos do Museu e Instituto Cornélio Pires, na cidade de Tietê, compostos por textos dos espetáculos circenses, contos, anedotas, discos com rodas de músicas e falas de Cornélio Pires, e principalmente a sonoridade da música divulgada pelo jornalista. Diante da riqueza e complexidade documental, o foco foi a trajetória de vida e a sonoridade da música caipira divulgada a partir das gravações de Cornélio Pires no interior paulista, sul e triângulo mineiros, sudeste goiano e matogrossense.
Abstract: Through the study of the trajectory of Cornelio Pires, this research deals with the construction of the countryman of São Paulo and its sonority, divulged and spread during the life of the journalist and storyteller. Biographical studies were understood by Cultural history as one of the ways of writing history. It incorporates sources, records of life trajectories, verbal and non-verbal documents, safeguarded in family files or in assets and museums (supposing that the character represented cultural, social, political or historical relevance to society). When dealing with the complexity of biographical studies, we opted for the clipping, trajectory. The preservation of the memory of something or someone is related to the relations of power and meanings and social representations. Cornelio Pires' countryman intersects with the interests of the São Paulo elites and the modernists in the early twentieth century to construct the modern and progressive social imaginary of São Paulo, as opposed to the petty, rustic and archaic hick represented by literature until then. Theoretical-methodological basis that support this research cover the propositions of Jacques Le Goff on methodological rigor in document analysis and trajectory history production, Antonio Candido and Mário de Andrade on the construction of the smart countryman (Cornelio) in opposition to the hick (Monteiro Lobato). The documentary corpus investigated, were the records safeguarded in the collections of the Museum and Institute Cornelio Pires, in the city of Tiete, composed by texts of the circus spectacles, short stories and tales, anecdotes, albums with music get-togethers and speeches by Cornelio Pires, and mainly the sonority of the music spread by the journalist. In the face of richness and documentary complexity, the focus was a life trajectory and a sound of the country music released from the recordings of Cornelio Pires in the countryside of São Paulo, south and triangle of Minas Gerais, southeast of Goias and Mato Grosso.
Palavras-chave: Pires, Cornélio;  caipira;  sonoridade;  história cultural
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: RIBEIRO, Matheus Henrique Pinheiro. O pioneiro Cornélio Pires do regional ao nacional. 2019. 110 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3974
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/20249
Data de defesa: 13-Fev-2019
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3974/5/Matheus%20Henrique%20Pinheiro%20Ribeiro.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons