Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/20233
Tipo do documento: Tese
Título: Perspectivas, tensões e desafios do programa nacional escolas sustentáveis nas escolas estaduais de Araçatuba/SP
Autor: Santos, Ricardo Miranda dos
Primeiro orientador: Souza Neto, João Clemente de
Primeiro membro da banca: Mizukami, Maria da Graca Nicoletti
Segundo membro da banca: Silva, Paulo Fraga da
Terceiro membro da banca: Másculo, José Cássio
Quarto membro da banca: Malaco, Laís Helena
Resumo: A escola pode ser um ambiente que promova conexões, crie oportunidades para reflexões diante dos dilemas contemporâneos de nossa sociedade e forme alunos cientes de suas responsabilidades. Os problemas ambientais constituem-se na atualidade como um desses dilemas e a Educação Ambiental possui o papel importante de discutir os processos de transformações e de como reavaliar nossa relação com o “eu”, “outro” e com o planeta. A pesquisa busca perceber os limites e as possibilidades do Programa Nacional Escolas Sustentáveis (PNES) como proposta de Política Pública Educacional na tangibilidade da Educação Ambiental nas escolas estatuais no município de Araçatuba/SP, sob a óptica dos gestores e docentes que participaram de sua implementação e gestão. A tese contemplou a seguinte problemática de pesquisa: quais são os principais desafios e possibilidades relativos ao processo de ambientalização curricular promovidos pela PNES e como as práticas e ações em Educação Ambiental desenvolvidas na escola, agora não mais como receptora das políticas públicas, são repensadas em seus contextos. O PNES trabalhou com diversos conceitos como; sustentabilidade, escolas sustentáveis e espaços educadores sustentáveis. Assim, sua proposta é de contribuir para uma ressignificação dos espaços escolares e de outros ambientes de aprendizagem na construção de uma sociedade sustentável. Por isso, os espaços educadores sustentáveis e as escolas sustentáveis estão pautados em três dimensões inter-relacionadas: espaço, gestão e currículo, onde a formação seja apoiada na criação de contextos de aprendizagem exigentes e estimulantes, que possibilitem o desabrochar das capacidades individuais e coletivas e que desenvolvam as competências que permitam construir uma sociedade mais harmoniosa, equilibrada, livre e justa. O método utilizado na pesquisa foi a Hermenêutica de Profundidade (HP) proposta por John Thompson (2011), que considera a Interpretação da Doxa e mais três procedimentos: Análise Sócio- Histórica, Análise Formal ou Discursiva e a Interpretação / Reinterpretação. Esses três procedimentos não são cronológicos, mas complementares. Para a Análise Formal ou Discursiva optamos em utilizar a Análise de Conteúdo (AC) que é um procedimento metodológico de organização e análise de dados proposto por Bardin (2009). A investigação procura evidenciar as potencialidades, problemas e desafios do PNES por meio das entrevistas semiestruturadas. Os sujeitos da pesquisa são professores e gestores que participaram da elaboração, implantação, execução e gestão dos projetos das escolas, totalizando 11 entrevistas. Com a pesquisa compreendemos que a proposta do Programa Nacional Escolas Sustentáveis (PNES) é essencial para o fortalecimento de ações e práticas de Educação Ambiental Crítica, para contrapor os processos hegemônicos e para contribuir com a transformação da realidade, além de ampliar as bases para fundarmos sociedades sustentáveis. Portanto, uma escola deve ser reflexiva, concebida para se organizar e (re) pensar a si própria continuamente. Trata-se de um processo de confronto com o “fazer” suas atividades e ressignificar sua missão social em um processo heurístico.
Abstract: The school can be an environment that promotes, creates opportunities for reflections on the contemporary dilemmas of our society and educates students aware of their responsibilities. Environmental problems are nowadays one of these dilemmas and Environmental Education has the important role of discussing the processes of transformation and how to re-evaluate our relationship with the "I", "other" and the planet. The research seeks to understand the limits and possibilities of the National Sustainable Schools Program (PNES) as a proposal of Public Education Policy in the tangibility of Environmental Education in state schools in the city of Araçatuba / SP, from the perspective of managers and teachers who participated in its implementation and management. The thesis considered the following research problem: what are the main challenges and possibilities related to the process of curricular environmentalization promoted by the PNES and how the practices and actions in Environmental Education developed in the school, now no longer as recipients of public policies, are rethought in their contexts. The PNES worked with several concepts such as; sustainability, sustainable schools and sustainable educational spaces. Thus, its proposal is to contribute to a resignification of the school spaces and other learning environments in the construction of a sustainable society. For this reason, sustainable educational spaces and sustainable schools are based on three interrelated dimensions: space, management and curriculum, where training is supported in the creation of demanding and stimulating learning contexts that enable the emergence of individual and collective capacities and to develop the skills to build a more harmonious, balanced, free and fair society. The method used in the research was Depth Hermeneutics (HP) proposed by John Thompson (2011), which considers Doxa's Interpretation and three other procedures: Socio-Historical Analysis, Formal or Discursive Analysis and Interpretation / Reinterpretation. These three procedures are not chronological, but complementary. For the Formal or Discursive Analysis we chose to use the Content Analysis (CA), which is a methodological procedure of organization and data analysis proposed by Bardin (2009). The research seeks to highlight the potentialities, problems and challenges of PNES through semi-structured interviews. The research subjects are teachers and managers who participated in the design, implementation, execution and management of school projects, totaling 11 interviews. With the research, we understand that the National Schools Sustainable Program (PNES) proposal is essential for the strengthening of actions and practices of Critical Environmental Education, to counter the hegemonic processes and to contribute to the transformation of reality, as well as to broaden the bases for founding sustainable societies. Therefore, a school must be reflective, designed to organize and (re) think of itself continuously. It is a process of confrontation with the "doing" of its activities and re-signifying its social mission in a heuristic process.
Palavras-chave: educação ambiental;  espaços educadores sustentáveis;  escolas sustentáveis;  currículo;  gestão
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: SANTOS, Ricardo Miranda dos. Perspectivas, tensões e desafios do programa nacional escolas sustentáveis nas escolas estaduais de Araçatuba/SP. 2019. 292 f. Tese (Doutorado em Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3953
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/20233
Data de defesa: 21-Fev-2019
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3953/5/Ricardo%20Miranda%20dos%20Santos.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Teses - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons