Show simple item record

dc.contributor.advisorBackheuser, Luiz Alberto Fresl
dc.contributor.advisorBelleza, Gilberto Silva Domingues de Oliveira
dc.contributor.authorCouto, David Santos
dc.date.accessioned2019-08-05T18:20:19Z
dc.date.available2019-08-05T18:20:19Z
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19998
dc.description.abstractUma das primeiras e primordiais funções da arquitetura é fornecer abrigo para homem, protegendo-o dos perigos da natureza. De início, na pré - história, o homem nômade buscava abrigo em cavernas, que foram concebidas devido aos caprichos da natureza. A partir do desenvolvimento da agricultura, em paralelo com a linguagem e a escrita, o homem passou de uma vida nômade para uma vida sedentária, gerando a necessidade de construir o seu próprio abrigo. O homem então desenvolve diversas técnicas de construção e uma enorme variedade de abrigos, de acordo com a condição geográfica em que cada sociedade vivia. Hoje, esse tipo de construção é chamada de arquitetura vernacular, uma arquitetura que foi desenvolvida e refinada ao longo dos séculos e que responde as condições do contexto físico e cultural em que está inserida. Nos dias de hoje, com a crescente preocupação em relação a sustentabilidade das construções e os avanços nas TICs (Tecnologias de Informação da Comunicação), que deram origem a novas ferramentas digitais de projeto, tais como ferramentas de analíse, simulação e geração, características intrínsecas da arquitetura vernacular surgem como princípio norteador do projeto arquitetônico, dando origem as tais arquiteturas performáticas ou performativas, arquiteturas que respondem a critérios definidos de performance, como conforto térmico, acústico, etc., se justificando através do processo em que a forma final foi concebida, que 9 relaciona tanto questões do meio climático como o meio cultural em que a arquitetura está inserida. O presente trabalho busca desenvolver uma abordagem projetual alinhada com esses conceitos, buscando desenvolver uma arquitetura que responde genuinamente ao contexto físico e cultural em que está inserida, por meio do estudo das ferramentas digitais de projeto e aplicação delas no processo projetual.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziept_BR
dc.subjectArquiteturapt_BR
dc.subjectperformancept_BR
dc.subjecttecnologiapt_BR
dc.subjectprocessopt_BR
dc.subjectferramentas digitaispt_BR
dc.subjectdesenho paramétricopt_BR
dc.subjectconforto ambientalpt_BR
dc.subjectsustentabilidadept_BR
dc.titleForma segue performance : um estudo sobre arquitetura performativa através do uso de métodos computacionais de projetopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)pt_BR
dc.date.qualified2018-12


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record